Trânsito adere ao movimento “Maio Amarelo” e revela queda no número de acidentes em Votuporanga

Número de acidentes com vítimas caiu 45% em abril; Secretaria intensificará ações de conscientização e educação durante o mês de maio

O secretário municipal de Trânsito, Transporte e Segurança, Antônio Alberto Casali, concedeu coletiva à imprensa, nesta sexta-feira (8), para informar que Votuporanga aderiu ao Movimento Maio Amarelo e desenvolverá ações, durante todo o mês, de conscientização e educação no trânsito. Casali também revelou que o número de acidentes continua caindo. Em abril, as ocorrências com vítimas tiveram redução de 45%.

Segundo Casali, em abril deste ano foram 48  acidentes com vítimas a menos (108-60), em relação ao mesmo período do ano passado. “São menos pessoas que deram entrada na Santa Casa, menos pessoas sequeladas vítimas de acidentes”, disse. Considerando todas as ocorrências – com ou sem vítimas – a redução foi de 39%. Em abril 2014, foram 164, enquanto este ano, 104. “Está caindo todo mês. Isso revela que os motoristas estão dirigindo dentro da velocidade permitida, respeitando as leis de trânsito”, ressaltou.

O secretário também revelou que o número de multas também vem caindo. “Isso mostra que os motoristas estão mais conscientes, pois além de reduzir o número de acidentes, também temos tido redução no número de multas”, disse. Casali ressalta que a queda se dá, principalmente, pelas ações implementadas pela Prefeitura, entre elas a fiscalização eletrônica e a Atividade Delegada.

Maio Amarelo

Acompanhando o sucesso de outros movimentos, como o “Outubro Rosa” e o “Novembro Azul”, os quais, respectivamente, tratam dos temas câncer de mama e próstata, o “Maio Amarelo” nasce com a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. O objetivo é estabelecer uma ação coordenada, entre o poder público e a sociedade civil, e estimular a promoção de atividades voltadas à conscientização e educação no trânsito.

A marca que simboliza o movimento, o laço na cor amarela, segue a mesma proposta de conscientização já idealizada e bem-sucedida, adotada pelos outros. A escolha proposital do laço amarelo tem como intenção primeira colocar a necessidade da sociedade tratar os acidentes de trânsito como uma verdadeira epidemia e, consequentemente, acionar cada cidadão a adotar comportamento mais seguro e responsável, tendo como premissa a preservação da sua própria vida e a dos demais cidadãos.

Em Votuporanga, as ações serão lideradas pela equipe da Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Segurança, em parceria com a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Centro Social e Comseg (Conselho Municipal de Segurança). Agentes de trânsito e profissionais da Área Azul utilizarão durante todo o mês o laço amarelo em seus uniformes e blitz de conscientização serão realizadas no comércio, indústrias e outros pontos da cidade.

“Iniciamos uma ação no ano passado, a Trânsito Legal, e aderimos neste mês a iniciativa do Detran, a Maio Amarelo. Faremos mobilizações que envolvem distribuição de folhetos e um dispositivo similar a uma mão para orientar os motoristas a respeitarem os pedestres e vice-versa”, disse. A mobilização começa neste sábado (9), com ações no centro comercial.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password