TRAGÉDIA: mãe e filho morrem em engavetamento provocado por fumaça de incêndio

Mulher de 33 anos e menino de 10 anos não resistiram aos ferimentos; o pai, que dirigia o veículo, foi socorrido em estado grave

Um engavetamento provocado pela fumaça de um incêndio que atingiu plantações de cana-de-açúcar matou mãe e filho, de 10 anos, ambos de Rio Preto, na noite de quarta-feira, 22, na rodovia Washington Luís (SP-310), em Araraquara. O motorista que diriga o veículo, pai da criança, está internado em estado grave na Santa Casa da cidade.

A família estava em um Ford Ka que foi prensado entre dois caminhões. Segundo o boletim de ocorrência, o motorista de um caminhão reduziu a velocidade devido à densidade da fumaça, que atrapalhava a visibilidade na pista. Um segundo caminhão, que vinha logo atrás, bateu na traseira do primeiro e, na sequência, foi atingido pelo Ford Ka onde estavam os rio-pretenses. Um terceiro caminhão bateu na traseira do carro, prensando o veículo da família.

O carro era conduzido por Vilson Ladeia Semenzin, 33 anos, que foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado em estado grave para a Santa Casa de Araraquara. A reportagem aguarda informações sobre o estado de saúde dele. O filho de Vilson, Arthur Oliveira Semenzin, de 10 anos, e a mulher, Roberta de Oliveira Silva, de 33 anos, morreram no local.

Os motoristas dos caminhões não sofreram ferimentos. Eles foram submetidos a testes do bafômetro, que constataram que eles não ingeriram bebidas alcoólicas, segundo o boletim de ocorrência.

Os corpos das vítimas foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) e ainda não há informações sobre horário e local de velório e sepultamento.

Gabriel Vital – diarioweb.com.br

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password