Tráfico de drogas e estupro disparam na região

O número de apreensões por tráfico de drogas e estupro disparou nos quatro primeiros meses deste ano em comparação ao mesmo período do ano passado. É o que indica os dados da Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado de São Paulo.O aumento é referente aos 139 municípios abrangidos pelo Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo (Deinter-5), que atende cidades como Rio Preto, Araçatuba, Votuporanga e Fernandópolis.De acordo com os dados publicados no site do órgão na última sexta-feira (18), de janeiro até abril deste ano, 970 pessoas foram detidas após serem flagradas vendendo entorpecentes.

No mesmo período de 2011 este número foi de 864. Aumento de 12,27%. Para o delegado titular da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) de Rio Preto, Fernando Nunes Tedde, a elevação dos números está relacionada ao aumento de usuários de drogas.

“Como tem mais gente consumindo, tem mais gente vendendo”, diz. Os registros de estupros também aumentaram. Passaram de 219 ocorrências nos quatro primeiros meses do ano passado para 258 registros durante o mesmo período de 2012, aumento de 17,80%. “Houve uma quebra no preconceito.

As pessoas estão mais conscientes do problema. E que pode acontecer com qualquer um, inclusive dentro de casa”, diz a delegada Dálice Aparecida Ceron, da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).

As mortes ocasionadas por acidentes de trânsito também aumentaram na região. O número de homicídio culposo por acidente de trânsito teve aumento de 18,75%, passando de 112 casos para 133. “Alguns fatores que contribuem para o aumento desse número é a bebida ao volante, que, dependendo da interpretação do delegado que está na ocorrência, pode registrar o caso como culposo ou doloso”.”, lembra o delegado seccional José Mauro Venturelli.

Fonte:
Jornal Diário da Região

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password