‘Todo acidente doméstico é evitável’, diz pediatra da Santa Casa de Votuporanga

Durante live no Instagram da Instituição, Dr. Antônio Seba Júnior deu dicas de como prevenir quedas, queimaduras e intoxicação no dia a dia com a garotada

O médico pediatra Dr. Antônio Seba Júnior participou na quinta-feira, dia 13, de uma live no Instagram da Santa Casa de Votuporanga, com a apresentação da jornalista Andressa Aoki. Por quase uma hora, ele falou sobre prevenção de incidentes no dia a dia com dicas importantes aos pais e responsáveis e afirmou que “Todo acidente doméstico é evitável”.

Dr. Seba contou que, a partir de um ano de idade, a maior causa de mortalidade é externa, envolvendo acidentes domésticos e extradomiciliares. “Se prepare antes que aconteça. É importante não subestimar seu filho. Não menospreze o desenvolvimento motor e nem mental”, frisou.

Ele explicou a relação do tipo de incidente de acordo com cada faixa etária. “Se você tem um recém-nascido abaixo de 4 a 6 meses, as possibilidades de ter uma queda por escada, subir em um móvel, janela, afogamento são mais difíceis. Mas está mais suscetível a sufocações. Como as crianças acima dos 5 anos, se tornam mais independentes, são mais ávidas de procurar. Os acidentes acontecem mais de quedas, intoxicações levando em consideração o grau de evoluções motora e mental. As crianças precisam ficar com cuidadores”, disse.

Onde há mais acidente?
O profissional enfatizou que cozinha não é lugar de criança até cinco anos, onde mais acontece queimadura. “A tampa do forno atrai o bebê. As mães precisam cozinhar com bocas do fogão do fundo, com cabo das panelas para fora”, complementou.

Queimaduras
O médico explicou quais os primeiros socorros para queimaduras. “Depende da quantidade dos ferimentos e o que causou. É importante remover o tecido, tirar acessórios se estiver usando como anel e correntinha a fim de evitar edema e a roupa. Limpe o machucado com água fria. Se for nos olhos, utilize soro fisiológico”, afirmou. Ele ressaltou que os pais não devem passar nenhuma substância na queimadura. “Muitas crianças chegam ao pronto-socorro lambuzadas de manteiga, pasta de dente, pasta d´água, óleo, produtos que prejudicam ainda mais a queimadura”, ressaltou.

Gás de cozinha
Para prevenir esse acidente doméstico, Dr. Seba orientou utilizar a técnica do sabão em cima da válvula de gás, a fim de verificar se há vazamento. “Em caso de vazamento, saia do ambiente e não ligue nada. Porque até um ventilador pode soltar uma faísca e causar uma explosão”, disse.

Intoxicação de produto de limpeza
É importante colocar estes itens em armários altos, sem escadas ou cadeiras por perto. “É comum comprar produto de limpeza e colocar em vasilhames de refrigerantes, chamando a atenção das crianças. Se os pequenos ingeriram, a maioria destes itens causa irritação externa, com queimação. Uma dica importante é não provocar vômito, principalmente se o composto tiver querosene”, ressaltou.

Queda
Ele orientou quanto às quedas. “A grande maioria é simples, localizado na área frontal, com hematoma. Fique atento ao vômito, que é preocupante, se for recorrente. O ideal é que a criança não durma”, afirmou.

Posição de sono
O médico pediatria ressaltou a posição de sono. “Não deixe a criança dormir de bruços até um ano de idade. Existe uma doença incurável: síndrome de morte súbita do lactante, em 75% dos casos com óbito. A posição correta é a de barriga para cima”, finalizou.

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password