TJD tira Romário da segunda fase da Copa Paulista

Atacante pegou gancho de quatro jogos pela expulsão na última partida da primeira fase contra o Botafogo, em Ribeirão Preto

Romário não joga mais pela Votuporanguense nessa segunda fase da Copa Paulista. Na noite de segunda-feira, o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), enquadrou a expulsão do atleta em Ribeirão Preto, contra o Botafogo, no artigo 254-A – “Praticar agressão física durante a partida, prova ou equivalente”. O presidente do clube disse que já havia pedido o adiamento desse anteriormente e agora, com o parecer final, dificilmente reverte a situação.

O lance da suspensão aconteceu no dia 21 de setembro, na derrota por 1 a 0 para o Botafogo, fora de casa. Em súmula, o árbitro da partida, Antônio de Oliveira, justificou o cartão vermelho da seguinte forma: “expulso por desferir e atingir com um tapa no rosto de seu adversário de n° 10 Sr. Lucas Garcia Benetão, fora da disputa de bola”.

O julgamento do caso era pra ter ocorrido duas semanas atrás, mas a diretoria da Votuporanguense conseguiu um recurso para adiar o caso, alegando tempo para juntar as provas. Por fim, o setor jurídico do clube enviou um cd com imagens do lance à Federação Paulista com o intuito de provar que Romário teria levado um chute por baixo e tenta apenas desviar do ocorrido.

O presidente do CAV, Marcelo Stringari, comentou a punição que deixa o atacante fora dos próximos três jogos contra o Atlético Sorocaba e Independente, em casa, e Ferroviária, fora. “É difícil reverter a situação. Do próximo jogo ele estará fora. Depois, ele já terá cumprido dois jogos, o que dá metade da pena. A partir daí é possível entrar com um recurso para reverter os outros dois jogos em cestas básicas, mas os custos são altos. De qualquer forma, temos elenco para suprir essa perda”, afirmou.

O técnico Marcelo Henrique, que esteve no programa “Bola em jogo”, da Rádio Cidade, também comentou a ausência do atleta nos próximos jogos. “É uma pena, mas agora temos que pensar em contornar a situação. Diante disso, começam jogando domingo: Léo, Adílson Bahia e Anderson Cavalo”, antecipou o treinador Alvinegro.

Treino

Ontem à tarde, após dois dias de folga desde o jogo em Sorocaba, a equipe do CAV retomou os treinamentos no Plínio Marin. O técnico Marcelo Henrique fez um treino de posicionamento e dividiu os jogadores em três times para valorizar a posse de bola e toques rápidos em campo reduzido.

Departamento Médico (DM)

Até a tarde de ontem, o zagueiro Caio César ainda não havia retornado de Curitiba onde foi consultar um médico de sua confiança sobre as dores no joelho. Danilo Lima, fisioterapeuta da Votuporanguense, aguarda hoje o zagueiro e o volante Jackson para tratamento no departamento médico.

De acordo com ele, as dores de Caio César não devem ser problema para a presença dele em campo no domingo. Já Jackson, que retorna de operação no ligamento, terá um longo período de recuperação pela frente visando estar pronto para a disputa da Série A3. Fábio Ferreira/A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password