Tite confirma volta de Marcelo para jogo contra a Bélgica

O técnico Tite confirmou nesta quinta-feira, 5, o retorno do lateral-esquerdo Marcelo à formação titular da Seleção Brasileira para a partida contra a Bélgica, nesta sexta-feira, 6, em Kazan, pelas quartas de final da Copa do Mundo da Rússia.

Recuperado de um espasmo na coluna, o jogador do Real Madrid reassume a posição, que foi ocupada por Filipe Luís contra o México e em grande parte da partida com a Sérvia.

Marcelo sentiu o problema no começo da partida com a Sérvia, não enfrentou o México e, agora, contra a Bélgica, será titular novamente. “Conversei com o Marcelo e o Filipe Luís. Marcelo saiu por um problema clínico, não voltou por um problema físico no segundo jogo. Filipe Luís jogou muito nos dois jogos, competem bem os dois. E, por critério, volta o Marcelo. No lugar do Casemiro, joga o Fernandinho”, afirmou Tite, ao citar a outra alteração.

Suspenso pelo segundo cartão amarelo, o volante Casemiro dará lugar a Fernandinho. A formação foi escolhida nos treinos dos últimos dias, em Sochi, cidade de onde o Brasil se despediu na manhã desta quinta-feira após mais de 20 dias de preparação. A partir de agora, a delegação será itinerante nesta Copa, ao se deslocar para as cidades dos próximos jogos, caso confirme as classificações.

O treinador brasileiro explicou que, pela qualidade da seleção belga, a partida em Kazan será de alto nível técnico. “O poder criativo da Bélgica é muito forte, com qualidade. Será um grande jogo, duas equipes que primam por um futebol bonito, cada uma com suas características. A Bélgica tem valores individuais, um grande técnico”, afirmou Tite sobre o adversário, que teve a melhor campanha da primeira fase da Copa.

O último treino da seleção antes da partida não será no local do jogo. Em acordo com a Fifa para preservar o gramado da arena, a equipe vai realizar uma atividade no estádio do Rubin Kazan, a cerca de 5 km de distância. A Bélgica também adotou o mesmo procedimento e encerrou a preparação com uma atividade no centro de treinamento onde se prepara, nos arredores de Moscou.

Tite afirmou que nesta parte final da Copa do Mundo o maior desafio não é tanto a preparação técnica, mas sim a parte psicológica. “A virtude de uma grande equipe é ser mentalmente forte e ter equilíbrio. Se me perguntarem qual é o maior desafio de um Mundial, direi que a capacidade mental. As pressões são impressionantes, extraordinárias e proliferam para a sua família”, comentou.

A formação da Seleção Brasileira para o jogo terá: Alisson; Fagner, Thiago Silva, Miranda e Marcelo; Fernandinho, Paulinho e Philippe Coutinho; Willian, Neymar e Gabriel Jesus.

 

Região Noroeste

0 Comentários

Deixe um Comentário

quinze − 9 =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password