Técnico do CRB de Alagoas, que derrotou o São Paulo é de Votuporanga

A surpreendente vitória do CRB de Alagoas por 2 a 1 sobre o São Paulo na noite de quarta-feira em jogo válido pela Copa do Brasil colocou em evidência o nome do treinador Eduardo Souza em todo o Brasil.

Nascido e criado em Votuporanga, aos 33 anos Souza (ou Durita para os mais íntimos) chegou ao grande momento de uma carreira dedicada há mais de 10 anos ao futebol profissional em diversos clubes do país.

 

Formado em 2002 no curso de Educação Física da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Souza começou a carreira dentro do futebol como preparador físico da equipe de base do Londrina, posteriormente passando para o time profissional. “Sempre pensei em trabalhar com futebol”, recordou Souza em entrevista por telefone.

 

Zagueiro na época do futebol de base do Santos e Rio Branco de Americana, a carreira foi encurtada aos 19 anos por causa do estudo. “Se fosse bom tinha continuado”, brincou o treinador.

 

Ainda como preparador físico passou por clubes como Botafogo de Ribeirão Preto, Caldense (MG), Criciúma e Oeste. Depois no Ituano, onde trabalhou com o atual campeão paulista Doriva, virou assistente técnico, indo depois para o São Caetano e Paraná Clube.

 

Durante sete anos da carreira no futebol ele trabalhou com Roberto Fonseca, mas a chance para virar treinador aconteceu já no CRB em fevereiro deste ano, depois que a diretoria do clube resolveu dispensar o experiente Roberval Davino.

 

Desde então os resultados não pararam de aparecer. Até o momento foram 14 jogos e a vaga garantida na decisão do campeonato alagoano contra o Coruripe. A decisão em dois jogos começa amanhã.

 

Sobre a vitória em cima do Tricolor de Muricy Ramalho (a quem se assume como fã) Souza disse que resultou da conversa com os jogadores antes do jogo. “Começamos devagar e conseguimos o empate. Depois ganhamos o meio-campo e o resultado veio”, disse. “Para o próximo jogo, um gol nos deixa com grandes chances de classificação”, alertou.

 

Antes da segunda partida, marcada para 7 de maio no estádio do Morumbi, Souza pretende vir até Votuporanga para visitar a mulher Caciane e os três filhos. “Desde de dezembro que não vou, mas vou ficar apenas dois dias”, explicou o treinador do novo time sensação do Brasil. André Nonato – andre.nonato@diariodaregiao.com.br

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password