Tarado aterroriza mulheres que cruzam passarela na W. Luís

Um abusador sexual está aterrorizando mulheres que fazem travessia na passarela de pedestres da rodovia Washington Luís (SP-310), perto do Carrefour. Ele já teria tentado atacar diversas mulheres, geralmente no fim da tarde. Um suspeito chegou a ser detido anteontem naquela região, mas foi liberado por falta de provas.

O suspeito, de 43 anos, estava em uma moto Honda pelas ruas do Minidistrito Tancredo Neves – perto da rodovia – e a placa foi fotografada por uma vítima que teria sido abordada por ele. Uma das vítimas, uma jornalista de 31 anos, atravessava a passarela no fim do expediente quando foi agarrada por um homem que fingia falar ao celular. Bem vestido, o homem derrubou-a no chão.

“Tive certeza de que ele ia me estuprar. Nestas horas, a gente não sabe de onde tira forças, mas eu gritei muito alto e chamei a atenção das pessoas próximas da passarela. Ele se assustou e fugiu.” A mulher disse que desde então só atravessa a passarela acompanhada. Outra vítima do criminoso foi uma auxiliar de serviços gerais de 20 anos. Foi abordada pelo homem, que a segurou e tentou abrir o botão de sua calça. Aterrorizada, ela reagiu e conseguiu correr.

O caso foi encaminhado à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), que vai instaurar inquérito. “Vamos convocar as vítimas. Se elas tiverem interesse em seguir com o processo vamos instaurar inquérito para investigar o que entendo não como assédio sexual, como foi registrado (na Central de Flagrantes), mas como tentativa de estupro”, disse a delegada Dálice Ceron. diarioweb

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password