Tabela de cálculo do IR acumula defasagem de 61,42%, diz Dieese

Levantamento divulgado pelo Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese) aponta que a tabela de cálculo do Imposto de Renda (IR) acumula defasagem de 61,42% desde 2006. Em 2013, a defasagem foi de 4,5%.

 

O estudo confrontou a inflação anual do País com as correções feitas pelo governo na tabela do IR nos últimos 18 anos.

 

Segundo o Dieese, a defasagem tributária faz com que aumente o número de brasileiros que são obrigados a pagar imposto sobre a renda, já que o limite de rendimento para ser isento sobe menos que a inflação.

 

Na declaração do IR ano-base 2013 estarão isentos os trabalhadores que recebem até R$ 1.787,77 ao mês, considerando a nova correção. Contudo, o Dieese afirma que, caso a defasagem de 61,42% fosse aplicada na tabela, estariam isentos todos os trabalhadores com renda mensal de até R$ 2.885,82.

 

Terra

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password