STJD vai decidir “caso Petros” a 2 rodadas do fim do Brasileiro

BRASIL – O Superior Tribunal de Justiça Desportiva marcou para a próxima semana o julgamento final do caso Petros.

O Corinthians foi denunciado por causa de um suposto erro no registro do atleta, que teve seu contratado renovado no início de agosto. A sessão acontecerá no próximo dia 27, faltando apenas duas rodadas para o fim do Campeonato Brasileiro.

Em primeira instância, o clube paulista foi absolvido. O Grêmio e o Internacional, que também disputam por vagas para a Libertadores de 2015, estão como terceiros interessados no processo e entraram com o pedido de recurso para que o episódio fosse reavaliado. A FPF e a CBF foram multadas em R$ 10 mil por toda a confusão. O departamento jurídico do alvinegro segue tranquilo e acredita que o resultado não mudará na semana que vem.

No meio de outubro, o presidente da FPF, Marco Polo Del Nero admitiu em contato com a reportagem que a entidade falhou ao realizar o registro de Petros, no mês de agosto, na renovação de seu contrato. Segundo o dirigente, também vice da CBF, uma funcionária se equivocou no momento de colocar os dados no sistema.

Apesar da convicção de não ter feito nada errado, o Corinthians sofreu um revés inesperado com Guerrero, há algumas semanas. O peruano foi absolvido em primeira instância, depois foi punido com três jogos pelo Pleno – última instância. E depois teve a pena reduzida a dois jogos pelo presidente do tribunal, Caio Rocha, o mesmo que havia votado por uma punição de 90 dias ao atacante do Corinthians.

O último ex-presidente do STJD, Flávio Zveiter, é o auditor relator do caso no tribunal Pleno

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password