Spavo pede apuração do caso de envenenamento de animais

O presidente da Spavo (Sociedade Protetora dos Animais de Votuporanga), Leonardo Brigagão, afirmou em entrevista ao O Jornal que os casos de maus tratos aos animais tem se transformado em algo comum na cidade e pede a apuração do caso pelas autoridades responsáveis.

De acordo com ele, a Spavo irá fazer o papel dela e cobrar as autoridades para que seja devidamente apurado o caso do envenenamento dos animais no bairro Monte Verde.  “Espero que o causador desse crime seja descoberto e preso, pois se comete isto com animais pode matar uma pessoa também”, argumentou.

“Queremos que a justiça seja feita, pois um monstro deste pode cometer qualquer tipo de crime. Votuporanga está se tornando um lugar onde esses crimes contra animais tem se tornado comum.”, continuou.

Para o presidente da Spavo, é provável que os animais foram envenenados por algum morador da região. “Provavelmente foi alguém ali de perto. O bairro é novo e algumas casas ainda não tem muro, então os cachorros ficam na rua, o que pode ter incomodado alguém que não gosta de animais”, analisou.

Locais que vendem venenos também devem ser investigados, segundo Brigagão. “Certamente foi utilizado veneno de rato, que é proibido pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). A Polícia tem que investigar os locais que vendem esse tipo de veneno sem autorização”, completou.(A.N.)

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password