SP registra zero morte em ações que policiais usaram câmeras acopladas no corpo

Nas 18 áreas em que as bodycams foram utilizadas, nenhuma pessoa morreu em decorrência de ações da PM

Os 18 batalhões da PM que passaram a usar câmeras acopladas nos uniformoes registrou zero morte no mês de junho. O que se traduz que nenhuma morte foir registrada em decorrência de ações em que policiais usavam a chamada bodycam.

O Estado de SP implantou esse sistema em batalhões de Ações especiais, Policiamento de Área e da Rota, que atuam em 12 áreas da capital, outros seis municípios do estado também receberam o equipamento. Já são 3.000 câmeras utilizadas por policiais em tododo o estado.

Na capital, os equipamentos estão presentes nos equipamentos das equipes do Centro, Freguesia do Ó, Jaçanã, São Mateus, Itaquera, Pinheiros, Ipiranga, Paraíso, Capão Redondo e Morumbi. Em outros municípios, Guarulhos, São Bernardo do Campo, Campinas, São José dos Campos, Sumaré e Santos.

Para este ano, como informa a SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo), há uma licitação em andamento para a aquisição de mais 7.000 câmeras.

Considerando todo o estado de São Paulo, ou seja, não somente os batalhões com câmeras acopladas nos uniformes, foram 22 mortes em decorrência de ações policiais em supostas resistências.

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password