SP-461 terá 7 novos dispositivos e mais 1,5 km duplicado

Editais de licitação para contratação das obras deverão ser publicados no primeiro semestre de 2015, obras devem começar em agosto do mesmo ano

Após a duplicação da rodovia Euclides da Cunha (SP-320) e do trecho urbano da Péricles Belini (SP-461), Votuporanga será contemplada com mais investimentos do Governo do Estado para melhorias da SP-461, contribuindo para o desenvolvimento da cidade. Serão mais 1,5 quilômetro duplicado, um viaduto em desnível e sete dispositivos de acesso (rotatórias fechadas em nível).

O projeto foi apresentado nesta sexta-feira (5/12) pelo secretário de Estado de Logística e Transportes do Estado de São Paulo, Clodoaldo Pelissioni, na Câmara Municipal de Nhandeara. O prefeito Junior Marão e o deputado estadual Carlão Pignatari estiveram presentes.

Entre as obras no trecho de Votuporanga está a extensão em 1,5 quilômetro da duplicação da rodovia Péricles Belini até o trevo de Parisi, com a construção de um viaduto em desnível para acesso ao 6º distrito industrial. Os sete novos dispositivos de acesso serão: KM 117,6 (Vila Carvalho), KM 118,7, KM 121 (Etec), KM 122 (Acesso ao Aeroporto), KM 123,4 (Avenida Coacavo e 5º Distrito), KM 129,6 (Trevo de Parisi) e KM 131,3 (Centro de Eventos).

O prefeito Junior Marão comemorou as obras para Votuporanga. “No ano passado, eu, o deputado [estadual] Carlão Pignatari, o presidente da Câmara Eliezer Casali e o secretário de Desenvolvimento Urbano Jorge Seba, estivemos no DER, em São Paulo, e colocamos todas as necessidades que tínhamos e todas foram atendidas neste projeto. Portanto, agora, estamos ansiosos para o início das obras que, com certeza, será importante para a segurança dos motoristas e também para o desenvolvimento da cidade”, disse.

Durante o encontro, o secretário de Estado de Logística e Transportes, Clodoaldo Pelissioni, explicou que estão previstas a recuperação de 65 quilômetros da pista no trecho entre Nhandeara e Cardoso. Serão realizados ainda serviços para pavimentação dos acostamentos, implantação de terceiras faixas, implantação de dispositivos de acesso e melhorias na sinalização. O investimento orçado para esta obra é de R$ 105,8 milhões, a ser financiado pelo Banco Mundial.

Os editais de licitação para contratação das obras deverão ser publicados no primeiro semestre de 2015. A previsão é que, após a aprovação dos bancos internacionais, a obra seja iniciada em agosto de 2015.

“O governo do Estado está investindo muito em nossa região, principalmente para recuperar e melhorar as estradas. Isso é investir na valorização do ser humano, pois, além de oferecer mais segurança e tranquilidade, ainda preserva a saúde e a vida de milhares de pessoas”, disse o deputado Carlão Pignatari.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password