Sociedade Protetora dos Animais terá espaço próprio em 2013

Se depender do empenho da Secretaria de Assistência Social e do Fundo Social de Solidariedade de Votuporanga, em parceria com a Prefeitura, a Spavo (Sociedade de Proteção dos Animais de Votuporanga) terá muito o que comemorar em 2013.

É que existe um projeto, que ainda está sendo analisado juridicamente, para que os animais abandonados ou em situação de maus tratos possam ficar em um local seguro e fixo, até que sejam doados (em alguns casos).
Atualmente a Spavo é bastante solicitada a atender estes casos. Porém, como não possui sede própria e nem ajuda financeira, já que é formada por um grupo de voluntários, não consegue acolher a todos. Os trabalhos são restritos em abrigar temporariamente estes animais em alguma casa ou local, para que depois sejam doados através de feirinhas e campanhas pela rede social Facebook.
O descaso com cães e gatos vem sendo divulgado pelo jornal A Cidade, inclusive, na edição de domingo, quando houve mais um registro policial em Votuporanga.
A primeira-dama e presidente do FSS, Juliana Castrequini Marão, acompanhada por Egmar Marão Alfagali, secretário municipal da Assistência Social, recebeu a reportagem na manhã de ontem.
Ela conta que a iniciativa será realizada em parceria com a população. “Nós iremos ajudar sim, daremos todo o suporte, mas novamente, pediremos a ajuda da nossa maior parceira: os moradores de Votuporanga. Em 2013, a construção do local será efetivada”, afirmou.
Egmar Marão destacou que para o projeto sair do papel, ainda existe uma parte burocrática. “Através do nosso setor jurídico, veremos o caminho correto para que a prefeitura reporte recursos para a Spavo”, falou.
O secretário falou que nesta iniciativa existirá a parceria com demais pastas da cidade, como Saúde, Educação, Cidades e outras.
A primeira dama falou que enquanto o projeto não for criado, uma baia do Centro de Zoonoses será utilizada para receber os animais, em casos de emergência, acolhidos pela Spavo. Será feita ainda uma parceria com empresários e população, para ser estudado um meio para que demais pessoas possam ajudar na compra de ração, medicamentos e vacinas para os animais recolhidos pela Sociedade.

 

Ela adiantou que, caso alguém tenha interesse em colaborar, já pode entrar em contato com a sua equipe no FSS.

Karolline Bianconi

karol@acidadevotuporanga.com.br

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password