Serviço Militar convoca jovens para comprovação de situação

Jovens alistados em 2015 ou fora do prazo no ano passado, devem comparecer na Junta de Serviço Militar até o dia 31 deste mês, para comprovar situação militar

Os jovens que se alistaram dentro do prazo este ano ou fora do prazo no ano passado devem comparecer na Junta de Serviço Militar (JSM) (Rua Minas Gerais, 3612), até o dia 31 de julho, para tomarem conhecimento da sua situação militar. Na oportunidade, eles serão informados se foram dispensados da obrigação de prestação do serviço militar inicial ou se foram encaminhados para a primeira Comissão de Seleção(CS), que será realizada no mês de agosto, no Tiro de Guerra (TG). Para atender este contingente, a JSM funcionará em horário especial, excepcionalmente das 08h às 16h.

O cidadão dispensado receberá uma guia no valor de R$ 3,13 (três reais e treze centavos) e poderá pagar na lotérica ou Caixa Econômica Federal, para ser emitido seu Certificado de Dispensa de Incorporação (CDI), por fazer parte do excesso de contingente militar. Entretanto, mesmo dispensado de fazer o Tiro de Guerra, para receberem seu certificado, os jovens, obrigatoriamente, deverão participar da cerimônia do juramento à bandeira, marcada para o no dia 11 de setembro, na Concha Acústica, a partir das 08h, com presença confirmada de autoridades civis e militares de Votuporanga e região.

Aqueles que forem encaminhados para a Comissão de Seleção – CS e não comparecer ao Tiro de Guerra na data e horário estipulados, terão sua situação militar lavrada como refratário, ou seja, no ano que vem, obrigatoriamente, serão encaminhados para Comissão de Seleção de 2016 e, terão preferência para serem matriculados no Tiro de Guerra da turma de 2017. A CS será realizada entre os dias 10 e 13 de agosto.

Comissão de Seleção Militar

A Comissão de Seleção Militar é dividida em duas etapas, a primeira é presidida pelo Delegado de Serviço Militar, que faz um trabalho em conjunto com um médico militar, designado para avaliar as condições clínicas dos alistados distribuídos, conforme desempenho nos testes físicos, psicológicos e psicotécnicos de cada alistado,  sendo julgados aptos ou não. Os julgados aptos passarão por testes de raciocínio lógico e avaliações psicológicas que serão avaliadas em conjunto pelo Delegado de Serviço Militar e o Instrutor de Tiro Guerra. Ao final, serão selecionados por volta da metade dos distribuídos e irão participar de uma Comissão de Seleção Complementar, que será realizada em fevereiro do ano que vem. A CS/Complementar é presidida pelo Instrutor do Tiro de Guerra e fica sob sua responsabilidade aplicar critérios de avaliações análogas a CS anterior e escolher 50 (cinquenta) atiradores para formar a turma do TG-02-088- de 2017.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password