Sequestro de piloto votuporanguense no MT completa um mês

As buscas pelos pilotos sequestrados no dia 20 de setembro, no aeroporto de Pontes e Lacerda (448 km a Oeste de Cuiabá), juntamente com o avião da ex-candidata ao Governo do Estado, Janete Riva (PSD), completa um mês amanhã sem nenhuma pista.

O comandante do avião é de Votuporanga. A família dele vive a angústia do caso. Os policiais civis envolvidos nas buscas de pistas acreditam na possibilidade de que eles estejam vivos e estão reféns de narcotraficantes que atuam na fronteira do Brasil com a Bolívia. A complexidade da aeronave, um King Air, prefixo ATY, segundo investigadores, teria levado o bandidos a manter os pilotos com vida.

“Pelo que constatamos, em conversa com especialistas, não é qualquer um que pilota um avião desse porte”, disse o delegado Gílson Silveira, que comanda a operação de buscas em território boliviano. “Na verdade, precisa ser especialista no assunto, que tenha bastante experiência em uma aeronave desse tipo. Se foram narcotraficantes que roubaram a aeronave, eles necessitam ter os pilotos por perto para fazer o transporte da carga”, completou o delegado. A tese levantada pelo delegado e investigadores da Polícia Civil aumentam as chances de os pilotos estarem vivos.

As estatísticas também confirmam que todos os pilotos sequestrados de Mato Grosso para o país vizinho foram encontrados com vida.

“Eles não estão mortos. O avião, para se mover precisa deles e nós já estudamos outros casos e descobrirmos que 99% dos pilotos que foram sequestrados já foram encontrados com vida. Nossas buscas não vão parar. Precisamos descobrir onde está o cativeiro e quem está por trás disso”, disse o delegado.

As buscas na Bolívia está sendo monitorada pela polícia local e apoiada pelos agentes brasileiros. O delegado preferiu não divulgar o local onde eles atuaram nesta semana, mas afirmou que os rumos das buscas mudaram. “Preferimos manter o sigilo, daqui pra frente”, concluiu.

O caso

O avião em que viajavam a então candidata ao Governo, Janete Riva (PSD), e sua comitiva foi sequestrado no início da tarde de um sábado (20/09), no aeroporto de Pontes e Lacerda. A aeronave foi levada junto com dois pilotos, por volta de 12h40. Janete Riva chegou à cidade, a bordo do avião, às 8 horas.

Após participar de reuniões e carreata no município, Janete e seu marido, o deputado estadual José Riva (PSD), mais a equipe de campanha, voltaram ao aeroporto, para seguir viagem rumo à Vila Bela da Santíssima Trindade. Foi quando souberam que a aeronave, modelo C 90, fabricada em 2006, havia sido sequestrada. (Com Max Soares – Midianews)

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password