Senac oferece mais de 1.200 vagas gratuitas

O Senac Votuporanga disponibiliza para 2014 mais de 1.278 vagas gratuitas. Serão 223 para cursos técnicos, 948 para capacitações e 107 para bolsas destinadas ao Programa Aprendizagem. O anúncio foi feito na manhã de ontem pela gerente da unidade, Eliane Godói.

 

Ela contou que neste ano houve um acréscimo de 30% de vagas para bolsas 100% gratuitas. A estimativa é atender Votuporanga e as demais cidades vizinhas.

 
Vale destacar que as vagas serão destinadas somente para as pessoas que comprovarem as exigências requeridas pela rede Senac.

 
Serão abertos cursos nas áreas de administração geral; gestão de pessoas; comunicação, cultura e artes; desenvolvimento social; nutrição; saúde e segurança do trabalho; enfermagem; redes e infraestrutura; saúde e bem estar; marketing e tecnologia da informação.

 
Entre os pré-requisitos para realizar um curso com bolsa de estudos no Senac Votuporanga, além da renda familiar per capita de até dois salários mínimos federais, o interessado não pode estar matriculado ou participar de outros processos de bolsas na instituição. Além de não ter histórico de evasão ou reprovação por faltas nos últimos dois anos como bolsista.

 

 

As inscrições poderão ser feitas pelos candidatos direto no site do Senac, no www.sp.senac.br/bolsasdeestudo, com aproximadamente dois meses de antecedência e até cinco dias úteis antes da data de início do curso. Porém, as vagas poderão ser encerradas antes deste prazo, caso atinja a relação de três candidatos por vaga.

 
Por mais de 10 anos, o Senac São Paulo promove o Programa Aprendizagem, capacitação profissional pela qual jovens podem ter sua primeira experiência no mercado de trabalho. O curso é gratuito e a inscrição do aluno é feita pela empresa em que ele atuará como aprendiz em paralelo às aulas.

 

 

Incentivo à leitura
Eliane Godói disse que neste ano, entre as demais ações da unidade, está o incentivo dos jovens à leitura. Na unidade, vários livros de diversos títulos estão distribuídos pela escola, com a proposta de fazer com que os alunos leiam mais. “Queremos neste ano promover a leitura, que levem os livros para casa, que doem para algum amigo, enfim, o importante é que todos leiam”, disse.

 
Outra ação da unidade é atrair os alunos para um contato mais direto na biblioteca da unidade. Os livros saíram da prateleira e estão nos computadores da biblioteca, simbolizando um convite à leitura.

 

Karolline Bianconi – A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password