Semana Estadual de Mobilização Contra o Aedes termina neste sábado com Mutirão

As atividades serão encerradas com um grande Mutirão que contará com o trabalho das igrejas de Votuporanga; ações estão sendo realizadas desde o final de novembro em vários locais.

Com o objetivo de estimular ações nas áreas de educação, assistência social e saúde a respeito da importância de combater o Aedes Aegypti, a Secretaria da Saúde de Votuporanga, por meio do Setor de Controle de Endemias e Zoonoses (Secez), promove em parceria com o Governo do Estado da Saúde, a Semana de Mobilização Contra o Aedes. Desde o final do mês de novembro, o Secez realiza diversas atividades educativas e de orientação, que estão sendo desenvolvidas em instituições públicas e privadas, clubes de serviços, praças, supermercados, semáforos, no centro comercial, escolas, entre outros locais, com grande movimentação de pessoas.

A Semana se encerrará no sábado (7/12) com um grande Mutirão com a atuação das igrejas de Votuporanga. Participam Igrejas Evangélicas, por meio do Conselho de Pastores; a Igreja Universal, Igrejas Católicas, e Centros Espíritas.

O trabalho de educação e sensibilização de combate ao vetor, vem sendo coordenado pelas Educadoras em Saúde, Zélia Beraramo e Patrícia Amâncio, do Setor de Controle de Endemias e Zoonoses. “Na última semana percorremos as lojas da Rua Amazonas, abordando os clientes com informações de combate, e tirando dúvidas sobre o Aedes. Nos semáforos da região central da cidade, também estivemos presentes com um trabalho de panfletagem e orientações por meio de faixas”, esclareceu Zélia.

No Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) estão sendo ministradas palestras e orientações, panfletagem educativa, assim como em unidades de saúde e algumas escolas, com informações, brincadeiras e distribuição de brindes. “Nesta semana de intensificação, em especial, estamos voltadas às regiões de Votuporanga que tiveram um grande número de casos de dengue durante todo ano, bem como, os locais com alto índice de positividade de pessoas contaminadas”, explicou Patrícia.

Além disso, os agentes comunitários de saúde e de endemias intensificaram as visitas nas casas com orientações aos moradores, assim como também, os arrastões, bloqueios, e eliminação de criadouros, e trabalho de orientação.

Mutirão com Voluntários das Igrejas

A sociedade religiosa também está mobilizada em fazer a sua parte para conter o avanço da Dengue e das outras doenças causadas pelo Aedes, em Votuporanga. Na manhã deste sábado (7/12), voluntários das Igrejas Evangélicas, por meio do Conselho de Pastores; a Igreja Universal, Igrejas Católicas, Centros Espíritas, além de clubes de serviços estarão empenhados na luta contra o vetor.

Antes de irem às ruas para a ação, os participantes receberão uma rápida instrução, para que em seguida, possam orientar corretamente aos moradores sobre as medidas de combate ao Aedes Aegypti. Eles estarão habilitados somente para o trabalho fora das residências.  Os voluntários também recolherão, nos espaços públicos, pequenos recipientes que possam acumular água da chuva, e servir como criadouro do mosquito transmissor da dengue.

“A chegada do verão e o aumento das temperaturas e chuvas é o alerta para que haja esse reforço tão importante para as atividades de eliminação dos focos do mosquito, que deposita suas larvas em locais com água parada”, ressalta o biólogo e coordenador do Secez, Nilton Santiago.

0 Comentários

    Deixe um Comentário

    Login

    Bem vindo! Faça login na sua conta

    Lembre de mim Perdeu sua senha?

    Lost Password