Semana da Consciência Negra

Objetivo da data é promover reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira e sobre a igualdade racial

Na próxima semana, será lembrado o dia da “Consciência Negra”, para falar sobre o tema, o jornal A Cidade conversou com Maria Madalena Moreira, conhecida como Lena, que é presidente do Conselho de Participação do Desenvolvimento da Comunidade Negra (CPDCN).

Esta é a segunda vez que Lena está à frente dos trabalhos do conselho, que tem a função de fiscalizar as ações do Poder Público, que favoreçam a etnia negra. Sobre a programação da semana que vem, ela falou de alguns banners que já estão fixados em alguns pontos da cidade com informações sobre alguns personagens que fizeram história no Brasil.

“Além desses banners teremos no dia 22, que é no sábado, várias apresentações dos projetos de afro reggae na cidade, rodas de capoeira com um aulão, além do batizado dos capoeiristas”.

Opinião

Sobre a data, Lena acredita que o negro não deveria ser lembrado só em uma determinada época.

“A questão do negro é muito complexa, esta não é uma data comemorativa, porque a consciência negra não é uma festividade, é um momento de reflexão para as pessoas. A raça é muito subjulgada, os jovens negros são os que mais sofrem assassinatos em relação aos brancos, são os menos alfabetizados e recebem os menores salários”.

Ela ainda comentou que para o negro “vencer na vida”, ele tem que ser melhor duas vezes para ter o devido reconhecimento da sociedade.

“Nós já trazemos uma carga de preconceito muito grande. Em todo o lugar ele existe, não só em Votuporanga. Geralmente quem sofre não revela que foi alvo de racismo, é algo muito velado, muitos se sentem com vergonha de falar”.

Legado

Para Lena, ao contrário do que as pessoas pensam, a maior herança que o negro deixou para o Brasil não é a bagagem cultural. “Por mais que tenhamos uma cultura muito forte no país, o maior legado do negro é a força do trabalho. Após a abolição, o negro continuou sendo o maior trabalhador, tanto que hoje em dia, os serviços mais pesados ficam a cargo de pessoas negras”.

Agenda

Mostra de Banners Personalidades Negras

Período: 07 a 14 de novembro

Local: Escola Municipal de Artes, Centro de Convenções “Jornalista Nelson Camargo”, Santa Casa de Misericórdia de Votuporanga, Ambulatório Médico de Especialidades (AME) e Supermercado Santa Cruz (Lojas 1 e 3)

 

Dia 17/11

Evento: Oficina de Maculelê

Apresentação: Comunidade e alunos do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID)/UNIFEV

Local: Câmpus Centro UNIFEV

Horas: 14h às 16h30

 

Dia 20/11

Evento: Apresentação do Projeto Axé Criança

Local: Câmpus Centro UNIFEV

Horas: 9h

 

Dia 20/11

Evento: Apresentação dos Grupos de Capoeira Alvorada e da Secretaria de Esportes e Lazer

Local: Cidade Universitária UNIFEV

Horas: 21h

 

Dia 22/11

Evento: Desfile Projeto Axé Criança

Local: Rua Amazonas entre as ruas Mato Grosso e Alagoas

Horas: 9h

 

Dia 22/11

Evento: Aulão com os grupos de capoeira Alvorada e o da Secretaria de Esportes e Lazer com participação de 16 cidades da região

Local: Praça Cívica Prof. Benedito Lopes de Oliveira

Horas: 11h

 

Dia 22/11

Evento: Batizado de capoeira e troca de cordas

Local: Ginásio Poliesportivo Mário Covas

Horas: 16h Isabela Jardinetti/A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password