Continua sem pista a morte do jornalista Hélton Souza

Até o momento a Policia Civil, não informou nenhuma notícia sobre a morte do jornalista Hélton Souza.

Desde a última quarta-feira, quando foi brutalmente assassinado o jornalista Hélton Souza, a polícia civil de Votuporanga, através da DIG – Delegacia de Investigações Gerais, iniciou as buscas por provas e também a procura do autor do crime.

Mas até o momento nada foi constatado. A única pista que a polícia tem até o momento é o celular do jornalista que foi levado pelo autor do crime. Até a sexta-feira, 28, data de seu sepultamento, familiares e amigos próximos de Hélton, não entendiam o crime. Por se tratar de uma pessoa pacata e responsável e muito ligada a família.

“Não sabemos o que aconteceu, não temos a mínima noção do que levou uma pessoa ou pessoas a cometer um crime tão bárbaro contra uma pessoa tão boa como era o Hélton”, afirmou uma pessoa amiga da família, que pediu para não ser identificada.

Policiais da DIG de Votuporanga em conjunto com a DIG de Fernandópolis continuam as investigações. A quebra do sigilo telefônico do jornalista deve sr pedida a Justiça, para através de ligações ou mensagens, alguma pista possa vir a aparecer. O notebook de Hélton também foi levado e poderá ser usado como pista, caso o “criminoso”, venha a utilizar o mesmo.

Familiares do jovem jornalista estão em contante contato com a polícia para tentar auxiliar no que for necessário nas investigações. (jinterior.com.br)

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password