Seleção brasileira faz amistoso hoje contra Suíça

Da redação

Após vencer a Copa das Confederações, a seleção brasileira volta a campo hoje, para enfrentar a Suíça no primeiro amistoso oficial da equipe depois do torneio. A partida acontece as 15h45 (horário de Brasília), diretamente do Estádio Jakob Park, em Basiléia.
Com 11 jogos de invencibilidade na bagagem, Felipão desembarcou na Basileia, na última segunda-feira, com um retrospecto excelente diante de europeus.
Somando as duas passagens pela seleção brasileira, o técnico pentacampeão do mundo enfrentou 15 vezes rivais europeus. Perdeu apenas uma vez, justamente na estreia da atual fase, contra a Inglaterra, no estádio de Wembley, em Londres.
Fora isso, ele comandou dez vitórias e quatro empates.
Não perder para os suíços hoje, pode ajudar Felipão a alcançar outra marca na Seleção: a de vitórias seguidas. Atualmente com seis triunfos (França, Japão, México, Itália, Uruguai e Espanha), o treinador precisa de mais três para superar marca atingida pelo antecessor Mano Menezes.
De setembro de 2011 a maio de 2012, o antigo treinador, agora no Flamengo, comandou a seleção brasileira em oito vitórias seguidas. No geral, no entanto, contra adversários de menor expressão. Foram eles Argentina, Costa Rica, México, Gabão, Egito, Bósnia, Dinamarca e Estados Unidos.
O retrospecto diante da Suíça na história do confronto também aponta para a manutenção da invencibilidade brasileira. Foram sete duelos até aqui, com três vitórias, três empates e apenas uma derrota. O último jogo entre as seleções foi em novembro de 2006, ainda sob o comando de Dunga. O Brasil venceu por 2 a 1.
Dúvida
O zagueiro David Luiz é a principal dúvida do técnico Luiz Felipe Scolari. Com um problema no joelho, o defensor ficou no hotel em tratamento com o fisioterapeuta Luiz Rosan. Por conta disso, durante o treino no St. Jakobstadium, o treinador pôde repetir o restante do time titular campeão da Copa das Confederações, em junho. 
Fora da Copa
Elogiados anteriormente por Luiz Felipe Scolari como destaques individuais da seleção brasileira na conquista da Copa das Confederações, Julio Cesar e Luiz Gustavo ouviram do treinador que terão seu lugar no grupo ameaçado caso não joguem regularmente. O alerta veio na entrevista coletiva do treinador na tarde de ontem, véspera do amistoso com a Suíça.
Perguntado sobre a situação do goleiro, que ainda está sob contrato no Queens Park Rangers, clube rebaixado para a Segunda Divisão inglesa na última temporada, Felipão disse não se importar se Cesar não jogue numa divisão de elite, mas se disse apreensivo com o fato de o goleiro não estar sendo usado pelo clube do Oeste de Londres.
“A situação do Julio César me preocupa e ele sabe disso. Não vou dizer a ele nada diferente do que já foi dito. Se possível, jogue segunda, terceira, décima divisão. O importante é jogar”, afirmou o treinador.
Sobre Luiz Gustavo, que na temporada passada foi reserva do Bayern de Munique, mas ainda assim encontrou espaço na equipe, Felipão mostrou preocupação com a possibilidade de o jogador não acertar um novo clube nas duas semanas restantes da janela de transferências e ficar encostado no clube, já que o novo treinador Pep Guardiola, não tem planos de utilizar o meia. “O Luiz Gustavo precisa definir a vida dele. Ninguém tem lugar garantido na seleção”.
Oitavo confronto
Esta será a oitava partida entre Brasil e Suíça. No último duelo, a Seleção Brasileira levou a melhor. Em 2006, Luisão e Kaká marcaram na vitória por 2 a 1.
Ao todo, o Brasil derrotou a Suíça em três ocasiões, mesmo número de empates no confronto. A Suíça saiu vitoriosa em apenas uma oportunidade. São 10 gols a favor da Seleção Brasileira contra 7 dos suíços.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password