Segundo caso de leishmaniose em humanos é registrado em Pereira Barreto neste ano

O segundo caso de leish

maniose em humanos foi registrado em Pereira Barreto (SP) nesta semana.

De acordo com as informações da Santa Casa, a vítima é um jovem de 19 anos que está internado no hospital. O outro caso foi registrado em agosto em um idoso de 76 anos.

Já em cães foram apontados 502 casos da doença nesta ano e por isso ações contra a leishmaniose estão sendo feitas em Pereira Barreto (SP) nesta sexta-feira (28) por funcionários do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ).

Foi feita vistoria no bairro Oitis e em casas próximas à residência onde o jovem diagnosticado com leishmaniose mora. Também foram feitos exames para verificar se outros cães do bairro estão contaminados.

O que é Leishmaniose Visceral

A Leishmaniose Visceral é uma doença infecciosa sistêmica, caracterizada por febre de longa duração, aumento do fígado e baço, perda de peso, fraqueza, redução da força muscular, anemia e outras manifestações.

Transmissão

Segundo o Ministério da Saúde, no ambiente urbano, os cães são a principal fonte de infecção para o vetor.

A transmissão acontece quando fêmeas dos mosquitos conhecidos como mosquito-palha picam cães ou outros animais infectados, e depois picam o homem, transmitindo o protozoário Leishmania chagasi.

Tratamento

O tratamento está disponível pelo Sistema Único de Saúde. Os medicamentos utilizados atualmente no Brasil não eliminam por completo o parasita nas pessoas e nos cães. No entanto, o homem não tem importância como reservatório da doença.

Já nos cães, o tratamento resolve os sintomas clínicos, mas os animais continuam como fonte de infecção. Por isso, a eutanásia é recomendada de forma integrada com os tratamentos recomendados pelo Ministério da Saúde.

G1

0 Comentários

Deixe um Comentário

20 − vinte =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password