Secretário de Trânsito suspende blitz a vans

Alberto Casali decidiu paralisar as fiscalizações até que haja um melhor entendimento com os motoristas de transporte escolar

Depois da fiscalização realizada pela Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Segurança na tarde de quinta-­feira, que resultou na autuação a cinco motoristas de vans escolares na porta da Escola Estadual Sarah Arnoldi Barbosa, os responsáveis pelo transporte de estudantes foram na tarde de ontem até o gabinete do secretário Alberto Casali para discutir sobre as multas recebidas e pedir tempo para adequações. Casali decidiu, então suspender, temporariamente, as blitz.

Boa parte dos motoristas recebeu multa por não respeitar a abertura permitida dos vidros dos veículos, que deve ser de, no máximo, 10 centímetros. Alguns que estavam com apertura de 11cm no vidro questionaram as multas. “Fui autuado por causa de um centímetro. Se tivessem me dado um tempo para sair da escola e ajustar a trava, teria feito isso. Com os pontos na carteira de habilitação, não conseguimos renovar a autorização para conduzir crianças”, disse.

Segundo os presentes na reunião, o condutor de veículo escolar pode ter, no máximo, cinco pontos na carteira, no período de 12 meses.

Outros questionaram que as cobranças feitas pela Prefeitura e pelo Detran são diferentes. “Passamos pela vistoria no Detran, que diz que a van está certa. Depois a Secretaria de Trânsito diz que não está certo. É preciso haver um acordo entre os dois órgãos para que as cobranças sejam as mesmas. Devemos cumprir a lei, queremos cumprir a lei, mas ela deve ser igual para todos os fiscalizadores”, disse Telmo Zanon.

O secretário Alberto Casali reforçou que todos que receberam autuações têm direito a recorrer e os recursos serão analisados pela pasta. Ele também contou que a partir de setembro, o setor de vistoria do Detran às vans passará a funcionar no mesmo prédio de sua secretaria, o que irá facilitar o trabalho e também o acordo com relação às normas.

“Realizamos diversas orientações ao longo de um ano antes de começar a fiscalização, mas vamos parar as blitz agora para analisar os recursos dos motoristas. Depois, a partir de setembro, quando estivermos trabalhando alinhados ao Detran, vai ficar facilitado o nosso trabalho”, destacou Casali.

O secretário falou ainda que tem sido compreensivo com os motoristas de vans. “Teve um que o motor do seu veículo de trabalho fundiu e nós permitimos a utilização de um outro temporário por tempo determinado”, finalizou.

Ao fim da reunião, Casali verificou a situação das vans que estavam no pátio da Secretaria de Trânsito.

O vereador Jurandir Benedito da Silva esteve com o grupo de motoristas na Secretaria Municipal e disse que auxiliará na elaboração dos recursos referentes às multas. Leidiane Sabino/A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password