Secretaria intensifica vacinação contra sarampo e febre amarela

O Setor de Imunização da Secretaria de Saúde de Votuporanga intensificará a vacinação contra a febre amarela e o sarampo a partir desta sexta-feira, dia 1º. Para tanto, toda a população deve procurar a Unidade de Saúde / Consultório Municipal a qual pertence, munida da caderneta de vacinação.

A enfermeira responsável pela imunização – Danielli Fortilli explica que não se trata de uma campanha, mas, de um trabalho de sensibilização recomendado pelo Ministério da Saúde para que todos estejam em dia com as vacinas. “A febre amarela não está erradicada no país e o Ministério da Saúde quer evitar o possível reaparecimento de novos casos da doença”.

Crianças a partir dos nove meses de vida devem tomar a vacina que imuniza contra a febre amarela. As doses devem ser reaplicadas permanentemente a cada dez anos.

Sarampo

A vacina tríplice viral é a medida de proteção mais segura e eficaz contra o sarampo, protegendo inclusive contra a caxumba e a rubéola. É disponibilizada gratuitamente pela rede pública de saúde em duas doses; a primeira dose é aplicada em bebês com 12 meses, e a segunda, em crianças entre quatro e seis anos de idade. Adultos, a partir dos 20 anos, que não foram imunizados quando pequenos devem tomar a vacina em uma só dose.

O sarampo é altamente transmissível, pode ter apresentação grave e causar complicações sérias, como pneumonia, encefalite e pode ser potencialmente fatal. Os principais sintomas são: febre com erupção cutânea acompanhada d tosse, coriza e/ou conjuntivite

Notificação

Em janeiro de 2013 foi notificado um caso suspeito de sarampo, em Bauru/SP. Trata-se de um adulto de 20 anos, que apresentou a sorologia positiva após viagem à Flórida, EUA. Entende-se que este é um caso importado e não-autóctone; de acordo com a Fiocruz, o vírus circulante na Inglaterra, tem sido detectado em outros países, incluindo EUA, Canadá e China.

O Estado de São Paulo não apresenta circulação endêmica do vírus do sarampo desde o ano de 2000.

“É importante que toda população mantenha a situação vacinal atualizada, acompanhando sempre o calendário estadual de vacinação, principalmente, para quem segue viagem ao exterior” – conta Danielli.

Vale destacar que profissionais da saúde, da educação, do setor de turismo, motoristas, funcionários de aeroportos, terminais rodoviários, restaurantes e hotéis devem redobrar os cuidados para estar em conformidade com o quadro de vacinas.

Mais informações no setor de Imunização da Secretaria da Saúde, pelo (17) 3405-9787 – ramais: 9714/ 9784.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password