Secretaria de Saúde define ação “Todos contra a Dengue”

Iniciativa começa neste final de semana; cinco secretarias municipais ajudarão no combate ao mosquito Aedes aegypti

A Secretaria da Saúde, por meio do Setor de Controle de Endemias e Zoonoses, vai mobilizar grande parte da administração municipal na ação “Todos contra a Dengue”, que começa neste final de semana (20 e 21/2). Uma reunião foi realizada nesta segunda-feira (15/2), na Secretaria da Cidade, para definir as estratégias.

As Secretarias de Assistência Social, Cidade, Educação, Obras e Superintendência de Água, Esgoto e Meio Ambiente (Saev Ambiental) participarão do combate ao mosquito Aedes aegypti.

O chefe do Secez, Nilton Santiago, explicou que a cidade foi dividida por 10 áreas, que receberão visitas de agentes de saúde. “As Secretarias fornecerão mão de obra. Os servidores irão roçar terrenos e praças, contribuindo para erradicação dos focos do mosquito”, disse.

A pasta de Educação, em especial, irá trabalhar o tema dentro de sala de aula, focando na conscientização da população. “Acreditamos que, ao falar sobre os perigos das doenças a crianças e adolescentes, elas se tornam multiplicadoras e repassam o conteúdo aos pais, colaborando para eliminação de criadouros”, complementou.

Neste mutirão serão recolhidos somente pequenos recipientes que possam acumular água, servindo como criadouro do Aedes. Os criadouros de tamanho maior terão de ser encaminhados pelo próprio morador ao Ecotudo.

 

Voluntários

As inscrições para quem quiser trabalhar voluntariamente no mutirão de limpeza para o combate ao mosquito Aedes aegypti seguem até esta quarta-feira (17/2). Para efetuar o cadastro ou obter mais informações sobre o mutirão, as pessoas devem entrar em contato pelo 0800-770-9786.

Santiago destacou que a população demonstrou interesse. “Recebemos muitas ligações, há clubes de serviços e igrejas querendo nos auxiliar neste grande mutirão. Os voluntários irão recolher criadouros nas vias públicas e nos terrenos municipais”, afirmou.

A secretária de saúde, Dra Fabiana Parma, faz um chamamento aos votuporanguenses a participarem desta iniciativa. “O Aedes Aegypti é uma realidade não só no país, mas em todos os bairros de Votuporanga. Precisamos nos unir à sociedade civil para que juntos tenhamos condições de combater o mosquito”, afirmou.

Para capacitar os voluntários para a ação, um treinamento será realizado com técnicos da Vigilância Ambiental do município nesta quinta-feira (18/2). Serão montadas duas turmas – manhã e noite.

“O setor de combate à dengue agradece desde já aos responsáveis por contribuir para manutenção do ambiente saudável e livre da infestação do Aedes Aegypti e conta com o apoio de toda a população”, finalizou Santiago.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password