Secretaria de Direitos Humanos assina termo de parceria com entidades assistenciais

Foi renovado o atendimento psicológico semanal em cada entidade para o primeiro semestre deste ano; presidentes lamentam saída de Emerson Pereira

O secretário municipal de Direitos Humanos, Emerson Pereira, realizou uma reunião na tarde de quinta-feira (14/01) com os presidentes das entidades que são parceiras da pasta. Em tom de despedida, ele afirmou que nenhuma delas deixará de ser atendida pela secretaria durante este primeiro semestre do ano, mesmo com sua saída para retornar à Câmara em fevereiro.

O objetivo da reunião foi tratar de assuntos sobre o atendimento psicológico nas respectivas entidades, que darão continuidade dos trabalhos iniciados em 2015. Foi apresentado também o cronograma de tarefas a serem realizadas durante o 1.º semestre deste ano.

A Secretaria Municipal de Direitos Humanos recebeu as solicitações da Associação Amor Exigente e Associação Antialcoólica de Votuporanga, que demonstraram grande expectativa aos atendimentos com a psicóloga Valéria Alves Pereira Gallo, uma vez que proporcionará uma melhor qualidade de vida a todos os atendidos.

 

Entidades elogiam trabalhos

O secretário de Cidades, Marcelino Poli, aproveitou a oportunidade para elogiar o trabalho desenvolvido pelos Direitos Humanos. “Não canso de falar: não somos nós quem ajudamos o Emerson, mas sim, ele é quem nos ensina a sermos melhores e vermos que existem pessoas que precisam de uma mão amiga”, falou.

Poli disse que hoje sua secretaria conta com quatro homens inscritos pelo projeto, que muito contribuem nas atividades diárias. “Está muito difícil encontrar mão de obra especializada e estas pessoas mostram muita vontade de vencer. Nunca tive um problema relevante, pelo contrário, todos trabalham muito bem”, contou. Ele acrescentou que a pintura e reforma do Velório Municipal “Aldo Zara” foram realizadas pelos respectivos inscritos, entre outros trabalhos de destaque na administração municipal.

Poli também explicou que o prefeito Junior Marão sempre comenta que tem um orgulho muito grande da Secretaria Municipal de Direitos Humanos. “Realmente ele fala que gosta, pois muitas pessoas são beneficiadas através desta pasta. Juninho está muito triste com a saída do Emerson”.

O presidente da Associação Antialcoólica de Votuporanga, Manoel Joaquim Bernardes, disse que o secretário até pode deixar os Direitos Humanos, mas jamais do coração dos moradores de Votuporanga. “Nunca mais vem um ‘Emerson Pereira’ para esta pasta. Tomara que quem assuma realmente seja capaz de dar continuidade aos trabalhos desenvolvidos”.

O presidente da Associação Amor Exigente, Vitor Cesar Prado de Oliveira, parabenizou o trabalho da Secretaria Municipal de Direitos Humanos. “Quem dera se todas as secretarias fossem unidas assim”, referindo-se ao trabalho em conjunto com Cidades.

Ele reforçou que as entidades assistenciais possuem papel de destaque na sociedade, uma vez que ajudam o Poder Público a oferecer melhores condições de vida aos munícipes.

Estiveram presentes ainda na reunião o presidente da Comunidade Assistencial Irmãos de Emaús (Casa Abrigo), João César Guerche e Amélia Marques Nunes (Amelinha); o presidente da Comunidade Mão Amiga, Jerri Aparecido da Costa Lau e a presidente da Comunidade São Francisco de Assis, Luzia de Souza Pupim.

 

 Cursos Votuporanga em Ação II
Os cursos de qualificação, que acontecem todas as sextas-feiras, das 13h às 17h, recomeçam no próximo dia 29, na Comunidade São Francisco de Assis. Devem participar todos que integram o Votuporanga em Ação II.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password