Secretaria da Educação oferece treinamento de combate a princípio de incêndio e primeiros socorros

A região de Rio Preto ocupa a segunda colocação no ranking de violência no trânsito no Estado de São Paulo, de acordo com dados revelados ontem pela fundação Seade. Atrás apenas da região de Registro, Rio Preto, em 2011, registrou 30,6 mortes em acidentes a cada cem mil habitantes. Quase três vezes o número de mortes registradas na região metropolitana de São Paulo, que marcou 13,1 mortes por cem mil habitantes.

A pesquisa se baseou nos registros de óbitos dos cartórios civis de cada cidade. Os números são referentes as mortes ocorridas nas estradas estaduais, federais e em ruas e avenidas de cidades do Estado. O número de óbitos registrados em 2011 a cada cem mil habitantes na região de Rio Preto é o maior dos últimos cinco anos. Em 2006 ocorreram 23 mortes em acidentes a cada grupo de 100 mil.

Além da BR 153, o levantamento do Seade destaca duas rodovias da região com alto número de acidentes fatais: Washington Luís e Euclides da Cunha (SP-320). De acordo com o comandante da Polícia Rodoviária Estadual em Rio Preto, Maurício Noé Cavalari, uma forma de coibir os altos índices de acidentes nas rodovias da região é aumentar a fiscalização.

“Nós trabalhamos incansávelmente na fiscalização das rodovias. A experiência nos mostra que essa é a melhor forma de coibir os excessos praticados pelos motoristas”, afirma o tenente. Cavalari diz ainda que a fiscalização é mais intensificada em infrações mais graves, como o excesso de velocidade, embriaguez ao volante, ultrapassagem em local proibido e falta do uso do cinto de segurança.

O secretário de Trânsito de Rio Preto, Afonso Carmona Modolo, afirmou que a pesquisa se baseia em dados de 2011, quando ele ainda não era secretário. “A partir do momento que assumi o cargo, investimos bastante na sinalização de solo e na educação do trânsito. Ações que devem reduzir os índices de acidentes”, afirmou o secretário.

DER afirma que investe em melhorias

Para diminuir os índices de acidentes com mortes, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) informou que está investindo em melhorias em toda malha rodoviária estadual. Diz estar ampliando a capacidade das rodovias com obras de duplicação, implantando terceira faixa, pavimentando acostamentos e reforçando a sinalização. O DER informa ainda que está em fase de licitação a instalação de radares fixos e lombadas eletrônicas para dar mais segurança aos motoristas e usuários das rodovias sob sua administração. A previsão é que os contratos sejam assinados em julho deste ano e que os radares comecem a ser instalados entre agosto e setembro.

Com relação às rodovias concedidas à iniciativa privada, a Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp) informou que as concessionárias da região já investiram mais de R$ 720 milhões em segurança viária, o que inclui obras, melhorias, conservação e ampliações, construção de marginais e faixas adicionais, passarelas, dispositivos de entroncamento e de segurança, entre outros serviços

 

diarioweb

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password