Saúde: Segundo Dia D contra pólio e sarampo acontece neste sábado

Campanha termina no próximo dia 28, até lá a SMS pretende imunizar cerca de 7 mil crianças. Todas as unidades de saúde e policlínica estarão abertas das 08h às 17h 

O segundo “Dia D” da Campanha Nacional de Vacinação contra Pólio e Sarampo será realizado pela Secretaria Municipal de Saúde, neste sábado (22/11), das 8h às 17h, em todas as unidades de saúde de Votuporanga. O primeiro “Dia D” ocorreu no dia 8 de novembro, e a campanha segue até o próximo dia 28.

A meta é vacinar contra a pólio 4.273 crianças com idades entre seis meses e cinco anos. Até agora já foram vacinadas 2.135 crianças, ou seja, 49,96% da meta.

Contra o sarampo, o objetivo é vacinar 3.733 crianças de um ano a menores de cinco anos, e até o momento foram imunizadas 1.978 o que representa 52% do total. O Ministério de Saúde estipula como meta a vacinação de 80% do público-alvo.

A enfermeira responsável pelo setor de imunização da Secretaria de Saúde, Danielli Fortilli lembra aos responsáveis pelas crianças, da importância de levarem a caderneta de vacinação para ser avaliada e colocada em dia, em casos de vacinas em atraso.

Circulação do Vírus

O Brasil é considerado livre da poliomielite desde 1990. Em 1994, recebeu da Organização Pan-americana de Saúde a certificação de área livre de circulação do vírus.

Por outro lado, o vírus do sarampo está circulando nos estados de São Paulo, Pernambuco, Paraíba, Minas Gerais e Santa Catarina, por isso a importância da imunização de todas as crianças. “É necessário eliminar o vírus do sarampo, já que atualmente, os casos notificados da doença no Brasil são trazidos de outros países”, destaca Danielli.

Poliomielite e Sarampo

A poliomielite é um doença infectocontagiosa grave. Na maioria dos casos, a criança, quando infectada, não morre, mas adquire sérias lesões que afetam o sistema nervoso e provocam paralisia irreversível, principalmente nos membros inferiores.

Já o sarampo é uma doença viral aguda grave e altamente contagiosa. Os sintomas mais comuns incluem febre alta, tosse, manchas vermelhas, coriza e conjuntivite. A transmissão acontece de pessoa para pessoa por meio de secreções expelidas ao tossir, falar ou respirar. A única forma de prevenção da doença é a vacinação.


0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password