Secretaria da Saúde realiza mais de 350 exames gratuitos de Hepatite

Como parte das ações que marcam o Dia Mundial de Combate às Hepatites Virais, celebrado em 28 de julho, a Secretaria Municipal da Saúde através do Serviço de Assistência Especializada (SAE) realizou no último sábado, dia 27 de julho, o teste rápido  de triagem da doença.

Foram oferecidos testes para as hepatites B e C e Sífilis. Os 350 exames disponibilizados pelo Ministério da Saúde e distribuídos pelo GVE (Grupo de Vigilância Epidemiológica) de São José do Rio Preto que foram enviados para esta campanha foram utilizados.

De acordo com a enfermeira do SAE, Leiliane Cristina da Silva Scarpa, a população respondeu com muito interesse ao convite para realizar este exame tão importante para prevenção desta doença que age silenciosamente.  “As pessoas que não conseguiram fazer o exame na praça no último sábado e que têm interesse em realizar o teste rápido devem agendar um horário no SAE pelo telefone 3405-1584 ou  procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima da residência, onde os exames são realizados na forma convencional”, destaca Leiliane.

 

VACINA – A partir deste ano, a vacina contra hepatite B também está sendo oferecida para pessoas com até 49 anos. No ano passado, a idade limite para vacinação gratuita era até 29 anos. Após três doses, mais de 90% dos adultos jovens e mais de 95% das crianças e adolescentes desenvolvem respostas adequadas de anticorpos. Com a ampliação da faixa-etária, o Ministério da Saúde reforça a importância da vacinação de adultos,  como forma de melhorar a condição de saúde da população brasileira.

 

A DOENÇA – As hepatites são doenças graves que atacam o fígado, um dos órgãos mais importantes e vitais do corpo humano. Os cinco principais tipos (A, B, C, D e E) são causados por vírus que podem passar de uma pessoa para outra. A hepatite B é uma doença sexualmente transmissível (DST). E, assim como a hepatite C, pode ser também transmitida pelo sangue.

As hepatites são consideradas uma doença negligenciada em todo o mundo.Cerca de 325 milhões de pessoas são portadores crônicos da hepatite B e 170 milhões da hepatite C, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).No Brasil, a estimativa é de que existam 800 mil infectadas pelo vírus B e 1,5 milhão de pessoas infectadas pela hepatite C. Da infecção até a fase da cirrose hepática, pode levar de 20 a 30 anos, em média, sem nenhum sintoma.

 

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password