São Paulo passa fácil pelo Figueirense e atinge G-4 pela 1ª vez

O São Paulo teve o controle do jogo, fez 2 a 0 no Figueirense, na tarde deste domingo, no Morumbi, e atingiu o G-4 pela primeira vez após 30 rodadas do Campeonato Brasileiro. A meta foi alcançada graças à derrota do Vasco, e os gols do artilheiro da competição com 15 gols, Luis Fabiano, e Douglas, o substituto de Lucas.

Agora, o São Paulo chega a 52 pontos na quarta colocação, e abre dois de vantagem do Vasco. Já o derrotado Figueirense beira os 99% de risco de rebaixamento ao terminar a rodada na penúltima colocação, com apenas 25 pontos.

Embalado pela terceira vitória consecutiva na competição, o São Paulo retorna a campo na próxima quinta-feira, às 21h (de Brasília), quando defenderá sua vaga dentro do grupo de classificados à Libertadores contra o ameaçadíssimo de rebaixamento (e lanterna) Atlético-GO. O Figueirense, por outro lado, buscará a recuperação na quarta, às 19h30, contra o Internacional

O São Paulo fez primeiro tempo avassalador, e impôs pressão sobre o adversário desde os primeiros minutos. O reflexo da confiança do time em campo era Paulo Miranda, zagueiro improvisado na lateral direita, autor de dribles, finalizações, e uma das principais armas ofensivas do time.

Pela outra ponta, com Cortez, o São Paulo seguiu criando excelentes oportunidades. No entanto, foi em um lance de bola parada que o placar foi aberto. Aos 14min, Jadson cobrou escanteio, e Luis Fabiano subiu livre para marcar e assumir a artilharia do campeonato com 15 gols.

A pressão do São Paulo não diminuiu com o gol. Tanto que seis minutos depois, Douglas ampliou a vantagem após receber passe de Maicon, surpresa na escalação ao ficar com a vaga de Denílson, vetado de última hora por conta de uma lombalgia.

A festa da torcida são-paulina no Morumbi ainda aumentou mesmo durante o intervalo do jogo. Isso aconteceu pois o Santos marcava o segundo gol diante do Vasco na Vila Belmiro, e animava ainda mais o São Paulo para a segunda etapa, pensando na briga por um lugar na Copa Libertadores.

O domínio da primeira etapa foi repetido nos 45 minutos finais, mas poucas oportunidades de gol foram criadas. A tranquilidade vivida pelo time mandante fez Ney Franco evitar substituições durante boa parte do segundo tempo.

A goleada do São Paulo aparentemente desenhada se transformou em uma tranquila vitória por 2 a 0. O time do Morumbi não passou sustos na partida, e controlou o confronto como quis. O objetivo de chegar ao G-4 foi atingido. Agora o lema é não sair mais.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 2 x 0 FIGUEIRENSE

Gols:

SÃO PAULO:Luís Fabiano, aos 14min do 1º tempo; e Douglas, aos 21min do 1º tempo

SÃO PAULO:Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rhodolfo, Rafael Tolói e Cortez; Wellington e Maicon (Cícero); Douglas, Jadson (Casemiro) e Osvaldo (Ademílson); Luís Fabiano. Técnico: Ney Franco.

FIGUEIRENSE:Wilson; Elsinho, João Paulo (Edson) (Doriva), Sandro e Hélder; Jackson, Claudinei, Coutinho e Ronny; Júlio César (Raphael Botti) e Aloísio. Técnico:  Márcio Goiano.

ÁrbitroLeandro Pedro Vuaden (Fifa-RS)

Público e renda27.641 pessoas e R$ 655.694,00

Local Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password