São Paulo evita ‘arapuca’, arranca empate com o Galo e mantém liderança

No reencontro do São Paulo com o Independência, após eliminação na Libertadores, a “arapuca” não se formou, o Galo não ficou “louco”, tampouco a dupla Jô e Ronaldinho brilhou. Mesmo com um jogador a menos – Denilson foi expulso na 2ª etapa -, o tricolor paulista arrancou empate sem gols com o Atlético-MG, neste domingo, pela 3ª rodada do Brasileirão.

Com o resultado, o São Paulo permanece na liderança da competição. Com sete pontos, ele divide a liderança com Vitória e Botafogo. Já o Atlético-MG, com apenas um ponto, ainda não sabe o que é vencer neste Brasileirão e ocupa a 17ª posição na tabela de classificação.

Para a próxima rodada, nesta quarta-feira, o Tricolor paulista enfrenta o Goías, no Morumbi, pela quarta rodada do nacional. Já a equipe mineira viaja até Volta Redonda (RJ) para encarar o Vasco.

O jogo

Nem parecia que o duelo se tratava de Atlético-MG e São Paulo na Arena Independência. Se no último jogo entre as equipes, em Belo Horizonte, sobrou bom futebol e muitos gols, neste domingo, faltou ingredientes para uma grande partida.

O marasmo, talvez, se deu por conta das ausências de Ganso, Luis Fabiano e Jadson, do lado do São Paulo, ou Réver e Bernard, pelo “Galo louco”. Talvez, vai saber… Certeza mesmo é que, antes dos 33 minutos, dava até pra tirar um cochilo.

Com “espamos” dos duelos pela Libertadores, o bom futebol só apareceu nos últimos minutos do primeiro tempo. E ele veio com falha do goleiro Victor, herói da classificação do Galo na quarta-feira. Após perder tempo de bola em bola alçada na área, o arqueiro viu Lucio desviar de cabeça no gol livre, mas Marcos Rocha salvou em cima da linha.

Do lado do Tricolor mineiro, as boas jogadas caíram nos pés de Luan. Aos 36, ele chegou até a driblar o goleiro Rogerio Ceni, mas não concluiu a jogada e foi intercerptado. Já aos 41, recebeu livre na marca do pênalti, mas errou o chute.

No início da segunda etapa, o jogo parecia que engrenaria. Em 12 minutos, dois bons lances de gol: pelo Atlético-MG, Jô acertou bom chute e quase marcou. Já no São Paulo, após ótima jogada de Aloísio, Osvaldo perdeu gol embaixo da trave. Aos 16, Denilson ainda foi expulso. Era a chance do jogo pegar fogo. Era…

Nem mesmo com um jogador a mais, o Galo ficou “louco”. O São Paulo, por sua vez, tratou de se fechar e segurar o empate fora de casa. Muito pouco para quem viu um Independência em chamas no último embate entre as equipes. Resultado? Empate sem gols.

FICHA TÉCNICA

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)
Data/Hora: 02/06/2013, às 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (PE)
Auxiliares: Alessandro Rocha de Matos (BA) e Altemir Hausmann (RS)

Renda/Público: não divulgado
Cartões amarelos: Marcos Rocha, Ronaldinho e Leandro Donizete (CAM); Denilson e Maicon (SPFC)
Cartões vermelhos: Denilson (SPFC)
Gols: –

ATLÉTICO-MG: Victor, Marcos Rocha (Josué – intervalo), Leonardo Silva, Gilberto Silva e Richarlyson; Pierre (Rosinei 20’/2ºT) e Leandro Donizete; Diego Tardelli, Ronaldinho e Luan (Guilherme 32, 2ºT); Jô. Técnico: Cuca

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Douglas, Lúcio, Paulo Miranda e Carleto (Juan, 10’/1ºT) ; Denilson, Rodrigo Caio, Maicon e Lucas Evangelista (Wellington 19’/2ºT); Osvaldo e Aloísio (Rodolpho, 39’/2ºT). Técnico: Ney Franco.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password