Santos sai do sufoco no fim e bate o Flamengo na volta de Neymar

torcedor do Santos viu a sua equipe ter problemas para furar o bloqueio montado pela defesa do Flamengo, mas o Peixe desencantou nos minutos finais da partida e venceu o Flamengo, por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro. Os gols santistas foram marcados por Victor Andrade e Neymar.

Com o triunfo, o Santos saltou quatro posições, chegando a 11° colocação, com 30 pontos ganhos. Já o Rubro-Negro desceu três lugares na tabela do Brasileirão e agora é o 16°, com somente 27 pontos.

Na próxima rodada, o Alvinegro Praiano visita o Coritiba, domingo, às 16 horas (horário de Brasília), no Couto Pereira. Já os cariocas recebem o Grêmio, também no domingo, só que às 18h30, no Engenhão.

 

jogo – De volta ao Santos, após defender a Seleção Brasileira nos amistosos contra África do Sul e China, o atacante Neymar quase marcou logo no começo do jogo. Aos cinco minutos, em cobrança de falta, a Joia cobrou no ângulo de Felipe, mas o goleiro rubro-negro se esticou, espalmando a bola para escanteio e evitando o primeiro gol do Peixe.

Os cariocas mostraram que não ficariam apenas na defesa, esperando os espaços para os contra-ataques se abrirem, e criou uma boa oportunidade, aos 12. Vagner Love tocou para Adryan, que rolou para Ibson fintar o seu marcador e arriscar o chute. Rafael fez a defesa, salvando os donos da casa.

Bem postado taticamente, o Flamengo teve mais uma grande chance. Aos 22, Adryan recuperou a bola, puxou contra-ataque e abriu para Mattheus. O meia rubro-negro dividiu a bola com Bruno Rodrigo, levou a melhor na disputa e finalizou. O arremate, porém, não foi bom.

Melhor em campo, o time carioca teve mais uma boa oportunidade, aos 38. Luiz Antonio cruzou rasteiro, da direita, com destino a Vagner Love. O centroavante flamenguista desviou “de letra” e quase abriu o placar para os visitantes.

Antes do intervalo, o Rubro-Negro assustou o goleiro Rafael, outra vez com Vagner Love. O atacante aproveitou cruzamento de Léo Moura, pela direita, e de cabeça quase acertou o ângulo do camisa 1 alvinegro.

Na volta para a etapa complementar, o Santos quase chegou ao gol, aos quatro, em jogada inusitada. Felipe Anderson tocou para Neymar, que tentou o lance individual, mas foi cortado por Luiz Antonio. Entretanto, o toque do volante flamenguista quase enganou o goleiro Felipe, batendo na rede pelo lado de fora e saindo para cobrança de escanteio a favor do Peixe.

Sem muito espaço para trabalhar a bola, os santistas tinham dificuldades para chegar com perigo ao gol adversário. Mas, em uma dessas ocasiões em que a equipe alvinegra furou o bloqueio rubro-negro, o arqueiro dos cariocas estava atento. Aos 18, Felipe fez grande defesa em chute do argentino Patrício “Patito” Rodríguez.

Com a partida se encaminhando para os seus minutos finais, o técnico Muricy Ramalho sacou Felipe Anderson e “Patito” Rodríguez, lesionado, para as entradas de Bernardo e João Pedro, respectivamente.

Logo no primeiro lance de Bernardo, aos 33, o meia-atacante cobrou escanteio com precisão na cabeça do zagueiro Durval, que subiu mais alto do que toda a zaga carioca, mas a bola passou por cima do gol de Felipe.O Flamengo respondeu com Vagner Love, aos 39, mas o centroavante rubro-negro acertou a trave.

Na réplica, o Santos chegou ao seu primeiro gol. Victor Andrade, que havia entrado no lugar de André, aos 40, recebeu nas costas de Frauches e tocou por cima de Felipe: 1 a 0. Victor recebeu cartão amarelo por ter tirado a camisa durante a comemoração.

No minuto seguinte, o Peixe aproveitou vacilo do Flamengo na saída de bola para definir o confronto. Neymar, em grande lance individual, pegou a bola na intermediária, passou por Marllon e encobriu Felipe para anotar o segundo dos santistas, dando números finais ao jogo. (gazeta esportiva)

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password