Santa Casa investe em máquina de unitarização de medicamentos

Hospital adquiriu equipamento que prepara doses únicas que são entregues aos pacientes, tornando o processo mais eficaz.

 

A Santa Casa de Votuporanga busca a excelência de assistência hospitalar, unindo equipamentos de alta tecnologia com profissionais capacitados. Neste ano, a Instituição adquiriu uma máquina de unitarização de medicamentos, oferecendo mais segurança ao paciente e reforçando as boas práticas executadas pela Farmácia.
O equipamento foi instalado no começo do mês no Almoxarifado e os colaboradores passaram por treinamento. A máquina prepara a medicação em dose única, de acordo com as necessidades dos pacientes. O equipamento converte o medicamento em unidade e embalagem, que recebe informações necessárias para identificação através de códigos de barras, alertas e avisos, com textos e imagens, para reduzir possíveis erros na administração do produto. Cores são usadas para diferenciar os fármacos. 
Bruno Carneiro, supervisor de Almoxarifado, explicou os avanços com a nova tecnologia. “O Almoxarifado unitariza todos os medicamentos do hospital, comprimidos e ampolas. Antes do aparelho, os comprimidos eram preparados um a um com saquinhos plásticos e seladora, identificados por uma etiqueta, processo que acontecia na Farmácia piloto. Agora, o sistema é contínuo e otimizado, onde o comprimido cortado é embalado e identificado na máquina. As ampolas eram separadas na mão, sendo que o equipamento faz 48 unidades por minuto”, afirmou.
Após o processo de unitarização, embalo e etiquetação, os medicamentos são encaminhados para a Farmácia Central do Hospital.  A gerente farmacêutica Selma Menechelli Riva ressaltou a importância da administração de medicamentos. “Além de oferecer o que o paciente precisa, garante a segurança do assistido. Por isso, os profissionais estão aderindo a unitarização de medicamentos, o que torna o processo muito mais eficaz e com menos desperdício”, afirmou.
O aparelho foi conquistado graças à emenda do deputado federal Fausto Pinato. O provedor da Santa Casa, Luiz Fernando Góes Liévana, enfatizou os benefícios do equipamento. “O setor de Almoxarifado ganhou agilidade na dispensação de remédios. Nossa Farmácia recebe kits identificados e repassa para os pacientes, garantindo mais segurança. Todos ganham com esta nova máquina, especialmente nossos assistidos. É a tecnologia usada a serviço da assistência à saúde”, finalizou.

0 Comentários

Deixe um Comentário

um + dezesseis =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password