Santa Casa de Votuporanga realiza 3 captações de córneas em um dia

Média dos primeiros meses do ano foram de cinco doações e apenas em maio, foram 10

A CIHT (Comissão Intra Hospitalar de Transplante) da Santa Casa de Votuporanga realizou no dia 28 de maio, três captações de córneas. O número é expressivo e é o resultado do trabalho que a Comissão vem realizando na conscientização dos colaboradores e familiares de pacientes sobre a importância do gesto. Aliás, a média dos primeiros meses do ano foram de cinco doações e apenas em maio, foram 10.

As córneas foram encaminhadas para a OPO-SJRP (Organização de Procura de Órgãos) do Hospital de Base de São José do Rio Preto, que faz o direcionamento dos órgãos de acordo com as necessidades da região. A OPO-SJRP também auxilia nos treinamentos da equipe da Comissão da Santa Casa de Votuporanga, no alinhamento do fluxo, visto que o processo de captação exige agilidade e promove a ligação com a rede Nacional de Transplantes.

“Três captações em único dia representam um resultado positivo do trabalho da Comissão e do incentivo que a Instituição tem feito. Estamos percebendo também que os famílias têm sido mais solícitos para a doação, o que pode representar uma melhoria da conscientização através do trabalho de divulgação da problemática, pois é essencial que o desejo de doação seja feito ainda em vida”, destaca a coordenadora de enfermagem da CIHT, Kelly Almeida.

A coordenadora médica, Dra. Bernadete Campos Barth, destaca a necessidade da doação. “A importância vai além do que conseguimos imaginar, porque mais de uma vida está sendo beneficiada com esse ato. Ressalto ainda a doação da família, que é um verdadeiro gesto de amor, pois em um momento de dor, pensou no próximo e se prontificou a ajudar.”

O provedor da Santa Casa de Votuporanga, Valmir Antônio Dornelas, parabeniza o comprometimento da CIHT. “A Comissão vem realizando um trabalho de abordagem fundamental para esse processo de captação, é uma tarefa árdua e que apresenta um gesto nobre de amor ao próximo. Aproveito para agradecer também as famílias dos doadores, mesmo em um momento de dor, vocês pensaram no próximo, o sim de vocês deu uma nova chance para os pacientes transplantados.”

Habilitada desde 2012 para a realização de captação de órgãos, a Comissão completou em 2015 três anos de serviço. O primeiro procedimento foi realizado no dia 14 de fevereiro de 2012 e a partir disso, mais pessoas foram sensibilizadas a doar e salvar vidas. No dois primeiros anos foram 141 entrevistas com 55 captações de córneas, enquanto em 2014 foram 67 entrevistas com 31 captações. Além disso, a Comissão promoveu no dia 1º de fevereiro de 2015 a primeira captação de múltiplos órgãos. A doação incluiu as córneas, rins e fígado.

A Comissão conta ainda com a Dra. Lara Galvani Greghi e Dra. Ligia Duarte Tellis, os enfermeiros Bruno Chiqueto e Michele Ferreira e os técnicos de enfermagem Arthur Garcia, Alexandre Tresso e Wilson Poloni. Aliás, as médicas envolvidas integram a Comissão desde o seu início.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password