Santa Casa de Votuporanga orienta sobre febre amarela

Médica infectologista do Hospital, Regina Silvia, explicou sobre a doença, ressaltando que sua prevenção é a vacina.

A febre amarela tem preocupado muita gente. O Brasil confirmou 353 casos e 98 óbitos no período de 1º julho de 2017 a 6 de fevereiro deste ano, de acordo com dados do Ministério da Saúde. Para orientar a população, a Santa Casa de Votuporanga entrevistou a médica infectologista Regina Silvia Chaves.
Regina explicou que houve aumento da procura pela imunização. “A febre amarela é uma doença grave e letal, com alta mortalidade depois que adquirida. A vacina é a melhor forma de prevenção, por isso era esperada esta demanda”, afirmou. Durante todo o ano passado, 14,9 mil pessoas foram vacinadas contra a febre amarela em Votuporanga. Em 2018, até o momento, foram aplicadas cerca de duas mil doses.  
A médica esclareceu que a vacina é segura e eficaz. “Para aqueles que possuem alergia a componentes da imunização, os riscos são mínimos. Nos demais, as reações são comuns como a dor no local. Muitos falam, que ao tomar a vacina, desenvolvem a febre amarela de forma branda, mas não é verdade”, afirmou.

Turistas
A vacina está também indicada para todas as pessoas (adultos e crianças) que residam nas proximidades de áreas endêmicas ou pretendam viajar para esses lugares, dentro ou fora do Brasil.  “É necessário que a imunização ocorra 10 dias antes do passeio, para que o paciente possa desenvolver anticorpos e ficar protegido”, disse.

Gravidade da doença

Dra Regina ressaltou que a febre amarela é uma doença grave, que leva a insuficiência hepática e renal. “Provoca hemorragias e óbito em até três dias. A única forma de prevenção é a vacina, que é tranquila e está disponível na rede”, afirmou.

Dose
A médica enfatizou que a vacinação é dose única. “O atual esquema ocorre com a aplicação de uma dose da vacina contra a febre amarela, sem a necessidade do reforço”, disse.
As doses são gratuitas e estão disponíveis em todas as unidades de saúde, de segunda à sexta-feira, das 7h às 17h.

Quais os sintomas?
Os sintomas são: febre, dor de cabeça, calafrios, náuseas, vômito, dores no corpo, icterícia (a pele e os olhos ficam amarelos) e hemorragias (de gengivas, nariz, estômago, intestino e urina).

Como se transmite?
A febre amarela é transmitida pela picada dos mosquitos transmissores infectados. A transmissão de pessoa para pessoa não existe.

Como se prevenir?
A única forma de evitar a febre amarela é a vacinação contra a doença. A vacina é gratuita e está disponível nos postos de saúde em qualquer época do ano. Ela deve ser aplicada 10 dias antes da viagem para as áreas de risco de transmissão da doença. Pode ser aplicada a partir dos 9 meses e é válida por 10 anos. A vacina é contra-indicada a gestantes, imunodeprimidos (pessoas com o sistema imunológico debilitado) e pessoas alérgicas a gema de ovo.

0 Comentários

Deixe um Comentário

nove + treze =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password