Santa Casa comemora Dia da Prematuridade

Equipe da UTI Neonatal reuniu ex-pacientes e familiares, para celebrar a vida e a saúde destas crianças

Em 10 anos de funcionamento da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal da Santa Casa de Votuporanga, diversas são as histórias de sucesso e superação de bebês que nasceram prematuros.No Dia Mundial da Prematuridade, dia 17 de novembro, a equipe da unidade reuniu ex-pacientes e familiares, celebrando a vida e a saúde destes guerreiros que precisaram de suporte hospitalar avançado.
A cada reencontro, a alegria e reconhecimento pelos cuidados, que possibilitaram a recuperação e desenvolvimento saudável dos bebês. “Reunir alguns dos nossos ex-pacientes é muito gratificante. Quando estão conosco, necessitam de atendimento especializado, são frágeis e dedicamos atenção integral buscando sua reabilitação. Ao retornarem saudáveis, nosso sentimento é de felicidade, de acompanhar este crescimento e desenvolvimento, além de rever os pais e manter o vínculo afetivo. Foram momentos de descontração, troca de experiências e apoio mútuo”, afirmou a médica responsável técnica da UTI Neonatal, Dra. Lara Galvani Greghi. 
Uma gestação normal tem duração de 37 a 42 semanas, ou seja, casos de bebês que nascem com menos de 36 semanas e seis dias são considerados partos prematuros. No Brasil, cerca de 340 mil bebês nascem anualmente antes desse período, o que é equivalente a mais de 12% dos nascimentos no país.  “Quanto menor a idade gestacional do bebê, maiores os riscos para a sua saúde, pois a adaptação à vida extrauterina tende a ser mais difícil. A  UTI Neonatal da Santa Casa possui condições para o tratamento, salvando vidas e as histórias de sucesso trazem esperança para as mães dos pacientes, que atualmente estão internados”, diz.

Novembro Roxo
O Novembro Roxo é alusivo à conscientização da Prematuridade. Durante este mês, são realizadas ações para chamar a atenção da sociedade sobre como prevenir, entender e ajudar as crianças que nascem prematuras e seus familiares. Este é o momento de enfatizar para as pessoas, sobre a importância da prevenção da prematuridade, através do acompanhamento gestacional.
 Dados da Organização Mundial da Saúde mostram que o Brasil está entre os dez países com maior incidência de partos prematuros onde a cada 10 nascimentos um é prematuro.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password