Saev faz testes para realizar controle de pragas no esgoto

A Saev Ambiental realizou, nesta semana, testes com venenos para a realização de controle de pragas (desratização e desbaratização) na rede de esgoto de Votuporanga.
As ações foram realizadas por meio da aplicação de veneno direto nos três Poços de Visitas (PV) localizados na rua Sergipe, entre as ruas Ceará e Paraíba.

Segundo o superintendente da autarquia, Waldecy Bortoloti, o processo tem como objetivo avaliar os produtos. “Os testes estão sendo realizados para comprovar a eficiência dos produtos.Se aprovados, os venenos serão aplicados nos mais de quatro mil PVs existentes nas ruas da cidade e em Simonsen, nos próximos meses”, informou.

 

A desbaratização acontece por borrifação nas paredes internas dos poços, onde as baratas se concentram. Já a desratização é feita ao colocar iscas parafinadas no fundo dos PVs.

 

Ratos e Baratas

As baratas são insetos cosmopolitas que se adaptam em qualquer clima. Algumas das mais de 3,5 mil espécies existentes no mundo participam da rotina do homem, daí a importância sanitária que a Saev Ambiental dá em especial para a Periplaneta Americana (barata-americana – uma espécie de barata grande, dotada de asas e geralmente tendo o tamanho entre 2,5 cm a 4 cm) que vive nas tubulações, caixas de esgoto, caixas d’água, caixas de gordura, caixas de passagem, ralos etc. Elas produzem substâncias alérgicas e disseminam doenças, pois transportam micro-organismos patogênicos oriundos de locais em condições precárias de saneamento.

 

Já quanto aos ratos, às doenças transmitidas pelos roedores são a leptospirose, Hanta Vírose que são adquiridas através do contato com a urina de ratos contaminados; a Peste Bubônica, Pneumônica e Septicêmica que são adquiridas pelo homem através da pulga do rato; o Tifo Murino, a Febre da mordida de ratos, a Triquinose e a Salmonelose.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password