Saev decide encerrar multas por desperdício

Nível da represa subiu e autarquia suspende a medida a partir de segunda; no total, 14 infrações foram aplicadas na cidade

Com a chuva dos últimos dias, a Saev Ambiental decidiu encerrar a aplicação de multas por desperdício de água tratada. O superintendente da Saev Ambiental, Oscar Guarizo, informou que a partir de segunda-feira, 6, a autarquia deixará de multar as pessoas que forem flagradas ou denunciadas desperdiçando água em serviços domésticos e demais atividades.

Até amanhã, sexta-feira, a iniciativa ainda é válida. Vale lembrar, que a Saev começou a multar a partir do último dia 18, de acordo com o Decreto 8.900 de 20 de novembro de 2013.

Desde que a Saev anunciou a medida, alguns moradores ignoraram o aviso e continuaram cometendo abuso. No total, foram 14 multas aplicadas em diversos bairros da cidade.

Por cada infração, foram cobrados R$ 82,64, o que totaliza R$ 1.156,96. De acordo com a autarquia, as infrações são lançadas na conta de água futura do cliente. Nenhuma multa é cobrada separadamente à vista, portanto, todo o dinheiro arrecadado entrou na receita da Saev.

Avaliação

Guarizo acredita que a aplicação de multas foi necessária por dois motivos: o primeiro foi a falta de chuva; que prejudicou automaticamente o nível da represa, que possui reserva de água de 480 mil metros cúbicos e é responsável pelo abastecimento de 35% da população. O segundo, para conscientização dos moradores. Segundo o Ciiagro (Centro Integrado de Informações Agrometeorológicas), que possui base na antiga Apta de Votuporanga, foram registrados somente em setembro 83,2 milímetros de chuva.

Com a quantidade de chuva atingida, a represa voltou ao nível normal. A caída de água da “cachoeira”, que fica próximo à represa, voltou a fluir novamente. Karolline Bianconi/A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password