Saev Ambiental usará software do IFSP para cálculo da arborização no município

Autarquia fecha parceria com Instituto Federal e utilizará programa desenvolvido em Projeto de Iniciação Científica

Conhecer a cobertura arbórea de Votuporanga vai ser possível graças a um projeto inovador. A Saev Ambiental fechou um acordo de cooperação com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) Campus Votuporanga que irá possibilitar a revisão do censo arbóreo da cidade por meio da utilização de um software desenvolvido pelo aluno Matheus Henrique Quilles, sob a supervisão do Prof. Marcelo Luis Murari e a colaboração do Prof. André Luis Gobbi Primo.

A ação teve importante apoio da Câmara de Vereadores que aprovou por unanimidade a Lei Municipal 6.049 em 05 de outubro de 2017 que autorizou o acordo de cooperação. O programa permite o reconhecimento da cobertura vegetal da área urbana e rural visualizando as copas das árvores por meio de imagens de satélite.

Os dados mais recentes apontam 24% de cobertura vegetal no perímetro urbanizado de Votuporanga. Com a utilização desse sistema, há possibilidade de aumentar a diversidade biológica na cidade e evitar que as árvores adoeçam ou precisam ser cortadas se apresentarem riscos a população.

“Desde o início de 2017, investimos muito em plantio de novas árvores e na diversidade das espécies conquistando mais de 23 mil novas mudas plantadas por toda a cidade, ampliando significativamente a cobertura arbórea por habitante”, explica o Superintendente Adjunto da Saev Ambiental, Eng. Marcelo Marin Zeitune.

A arborização urbana permite uma melhora no clima da cidade, na estética urbana e no aumento da qualidade de vida. A interlocutora de Votuporanga no Programa Município Verde Azul, bióloga Elizabeth Rodrigues Dias do Prado, lembra que o sistema também vai contribuir para o registro das exigências que devem ser cumpridas para conquistar o selo em 2018.

Participaram da reunião de apresentação do software e assinatura do acordo de cooperação, o Superintendente da Saev Ambiental, Waldecy Antônio Bortoloti, acompanhado do superintendente adjunto, eng. Marcelo Marin Zeitune; o chefe do Setor de Informática, Fábio Yoshio Takemoto Júnior, o diretor do Departamento de Meio Ambiente, Antônio Alberto Casali, e a chefe do Setor de Diagnósticos e Projetos Ambientais, Elizabeth Rodrigues Dias do Prado.

 

Mais de 23 mil árvores em 14 meses

Nos últimos 14 meses, a Saev Ambiental vem intensificando alguns programas e serviços para o fomento da arborização urbana, a começar pelo plantio de mudas em calçadas, em áreas de preservação ambiental, praças, canteiros, nos novos loteamentos residenciais, dentre outros.

O Placar da Árvore disponível no site da autarquia aponta para 23,3 mil novos plantios realizados na cidade desde o início de 2017. Deste total, 10,7 mil foram plantadas foram plantadas por loteadores em calçadas ou áreas verdes de novos bairros e outras 11,8 mil novas mudas foram plantadas pela autarquia em projetos de reflorestamento e também pelo Disque Árvore.

“O plantio de árvores é uma ação que favorece de forma direta a melhoria das condições climáticas nas cidades, contribuindo para a produção de oxigênio, oferecendo sombra nos dias de sol, regulando a temperatura do ambiente e reduzindo o efeito estufa. A Saev Ambiental, a partir da gestão do prefeito João Dado, tem realizado um trabalho efetivo para ampliar e estimular a criação de mais espaços verdes no município”, comenta o Superintendente adjunto da autarquia, o engenheiro Marcelo Marin Zeitune.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password