Rua Amazonas tem 115 lâmpadas quebradas

Levantamento feito pela ACV apontou o problema nas palmeiras de saia, além de pedras soltas pelas calçadas e lixeiras danificadas

Os comerciantes da rua Amazonas não estão satisfeitos com a atual situação das palmeiras de saia e também da iluminação das árvores. Eles informaram que à noite o local está escuro, devido à falta de luz. De dia, as palmeiras não são mais apresentáveis: as folhas estão caindo; algumas com buracos internos e até apresentam risco; o gradil na base das árvores também está solto, fora o lixo que é acumulado ao redor dos coqueiros. Algumas lixeiras de inox foram arrancadas e os comerciantes passaram a deixar sacos de lixos do lado do recipiente.

Verificando a insatisfação dos empresários que possuem estabelecimentos comerciais da principal via do comércio da cidade, a ACV (Associação Comercial de Votuporanga), fez um levantamento recentemente. No estudo, foram apontadas 115 lâmpadas queimadas no trecho de revitalização da rua Amazonas, que começa na Itacolomi e termina na Ceará.

A entidade fez a análise, tanto do lado direito quando do lado esquerdo, de luzes nas palmeiras de saia, e nos postes de iluminação. O lado que mais apresenta necessidade de manutenção é o direito, com 63 lâmpadas queimadas; o esquerdo tem 52 para serem consertadas.

O presidente da entidade, Márcio Henrique Ramalho Matta, em entrevista ao jornal A Cidade, contou que os comerciantes solicitam urgentemente a manutenção na iluminação da via, além do conserto nas calçadas. “De noite está muito escuro andar pela rua Amazonas. Iremos entrar em um período natalino e também no horário especial de fim de ano, onde uma boa iluminação faz toda a diferença”, explicou. Ele disse que a ACV está tentando agendar uma reunião com o prefeito Junior Marão para cobrar melhorias, mas devido aos compromissos o encontro ainda não foi combinado.

Comerciantes que também integram a diretoria da entidade reclamaram da situação. “A rua Amazonas está abandonada. Não queriam que a principal via de comércio fosse um ‘shopping a céu aberto’? Está um lixão exposto, isso sim”, falou um deles.

Em nota, a assessoria de imprensa informou que o levantamento feito pela ACV se refere tanto às luminárias de solo das palmeiras, quanto da iluminação pública (postes). A troca das lâmpadas dos postes está prevista para ser feita imediatamente, começando nos próximos dias. Já quanto a iluminação de solo das palmeiras, o Departamento de Engenharia Elétrica está concluindo um estudo para trocar as luminárias, visando maior durabilidade e menor manutenção. Uma das propostas é usar LED, porém ainda está sendo analisado.

Em relação às palmeiras, até o momento, apenas duas apresentaram problemas e serão substituídas nos próximos dias, conforme já divulgado. O restante está normal. O Departamento de Paisagismo da Prefeitura faz manutenção nas árvores da rua Amazonas a cada 15 dias, o que inclui a limpeza, poda e corte de gramas. Quanto às grelhas, a previsão é que serão substituídas no próximo ano. Karolline Bianconi/A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password