Roubos atingem a maior marca desde 2009

De janeiro a novembro, foram 125 casos em Votuporanga; em todo ano passado, 80 crimes, o que já representa aumento de 56,25%

O dados mensais da criminalidade revelam que 2014 vai ficar marcado como um ano de audácia dos bandidos, com relação a prática de roubos (crimes em que há ameaça para subtrair bens ou dinheiro). Foram 125 crimes do tipo, registrados apenas de janeiro a novembro deste ano. Dezembro, como ainda não terminou, terá seus dados disponíveis apenas no início do próximo ano. Apesar disso, já supera em 56,25% o total de crimes de todo 2013, quando foram elaborados 80 boletins de ocorrências de assaltos. A marca do ano que acaba também é a maior no município desde 2009.

As estatísticas fazem parte do balanço das ocorrências policiais divulgadas mês a mês pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo. No mesmo balanço, também é possível ver como está a situação dos outros tipos de crimes em Votuporanga.

Com relação aos roubos, 2014 vai chegar perto de 2009, o último segundo a SSP a superar o total de 100 roubos em 12 meses, desde que os dados se tornaram disponíveis. Desde 2001, apenas em 2009, com 137 crimes do tipo, e agora em 2014, com 125, esse total superou uma centena.

Segundo os números, a marca história de 2014 foi motivada principalmente pelo alto número de assaltos a pedestres e a farmácias que assustaram a população entre os meses de abril (19 casos), maio (quando atingiu a incrível marca de mais de um por dia, 34 no total) e junho (com 16 crimes), um total de 69 roubos, o que representa mais da metade dos 11 meses de 2014 com dados divulgados.

Após essa “onda” de assaltos, a Polícia Militar e a Polícia Civil, por meio da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) fecharam o cerco contra os criminosos e praticamente todos os casos foram esclarecidos e tiveram seus autores apresentados ao Poder Judiciário e reconhecidos pelas vítimas. A atuação firme da polícia também fez com que os crimes do tipo diminuíssem nos meses seguintes e atingissem sua normalidade.

Para se ter uma ideia, em agosto foram apenas dois crimes, que foram registrados nos dois últimos dias do mês. Já em novembro de 2014 foram sete crimes, e oito no mês anterior, outubro, o que sugere que por enquanto, a ação dos assaltantes está inibida pelas posturas e trabalho dos responsáveis pela Segurança Pública do município.

Roubos no Estado

Os roubos cresceram 12% no mês no Estado, com 23.507 registros em novembro ante 20.990 casos no mesmo mês de 2013. Os furtos tiveram diminuição de 10,3%. Em novembro foram contabilizadas 39.591 ocorrências de furtos, ante 44.122 no mesmo mês de 2013.

Para um mês de novembro, a quantidade de ocorrência é a menor desde 2008, quando o mês registrou 36.586 casos do indicador de criminalidade. Desde janeiro, o índice acumula queda de 4,9% com 475.821 ocorrências neste ano, enquanto houve 500.417 de janeiro a novembro de 2013. Jociano Garofolo/A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password