Robertão comemora classificação do Fefecê à próxima fase da Segundona

Antes do início da última rodada da terceira fase do Campeonato Paulista da Segunda Divisão, o Fernandópolis era quarto e último colocado do Grupo 15, com cinco pontos.

Mesmo com a situação delicada, o técnico Roberto de Jesus confiava na força do elenco para conquistar a classificação à próxima fase. Bastava vencer o Mauaense em casa e torcer para o Joseense bater ou empatar com Sumaré.

Além de ter conquistado a vitória, por 1 a 0, o Fernandópolis teve a ajuda da equipe de São José dos Campos, que triunfou diante do Sumaré por 3 a 1. Com a classificação garantida, Roberto enalteceu todos os seus jogadores. “Nessa última semana antes do jogo, os atletas demonstravam alegria e confiança para o fim de semana. Em nenhum momento nós ficamos tristes ou abatidos pela situação. Se eu chegasse dessa forma para trabalhar, isso seria transmitido aos jogadores e nos atrapalharia. Os méritos pela classificação são deles, que jogaram todo o tempo com muita raça e concentração”, disse o comandante.

Diante dessa reviravolta na tabela, o treinador do Fernandópolis tirou grandes aprendizados para o decorrer do torneio. “Não devemos desanimar nunca, é preciso ter certeza do que está fazendo e no que deseja alcançar. Assim as coisas acontecem a seu favor”, contou Roberto.

Sem esconder a felicidade pela classificação, Roberto explicou como que o elenco do Fernandópolis é formado. “O grupo está fechado. Nós fechamos um time forte onde não tem lugar para vaidade. Aqui, o jogador que entra no time dá o seu máximo, enquanto o atleta que sai torce pelo sucesso do companheiro e do clube. Não existe o ‘eu’, todos pensam no ‘nós’”, completou o animado treinador.

O Fernandópolis dividirá o Grupo 18 com Votuporanguense, Grêmio Novorizontino e Tupã, que aguarda julgamento do Tribunal de Justiça Desportiva e pode perder a vaga para o Olímpia.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password