Rio Preto registra 352 casos confirmados de coronavírus

Novos casos foram divulgados na tarde desta quarta-feira (13) pela Secretaria de Saúde; coeficiente de incidência é de 76 casos por 100 mil habitantes.

São José do Rio Preto/SP registra 352 casos confirmados de coronavírus. A informação foi divulgada na tarde desta quarta-feira (13) pela Secretaria de Saúde.

De acordo com a pasta, a cidade tem 4.802 casos notificados. Deste total, 2.517 foram testados e 2.165 deram negativos. Desde a última atualização, a cidade registrou 35 novos diagnósticos da doença.

O coeficiente de incidência de casos na cidade, que permanece com dez mortes causadas pelo novo coronavírus, é de 76 por 100 mil habitantes.

“O nosso coeficiente de incidência por 100 mil habitantes está abaixo do Estado de São Paulo, que tem 104 pacientes por 100 mil habitantes, e abaixo do Brasil, com 84 pacientes por 100 mil habitantes”, disse durante transmissão ao vivo o assessor especial da Secretaria de Saúde, André Baitello.

“Mas, apesar do município ter uma taxa inferior, continuamos em uma curva de ascendência no número de casos juntamente com o Brasil, que passou a ser o sexto país no globo com o maior número de casos”, complementou.

Segundo André, a letalidade das vítimas registrada na cidade está caindo, fator que pode ser explicado pelo aumento de testes realizados pela Secretaria de Saúde.

“Isso vai continuar caindo. Não sei se recordam, mas tínhamos uma letalidade em torno de 6%. Ela vem caindo e, no momento, está em 2,85%”, disse o assessor.

Baitello afirmou que a curva de infecção de Rio Preto está em ascendente, mas que houve uma ‘ligeira depressão na ponta’.

“Isso depende muito do tipo de população que estamos avaliando, mas os números continuam crescendo, com 352 casos positivos no dia 13 de maio”, explicou.

Casos confirmados por área de abrangência

O assessor especial de saúde disse que os bairros São Francisco, Centro, Americano e Estoril são os mais acometidos por casos de Covid-19.

“Mas a doença está nos quatro cantos da cidade. Todas as regiões e praticamente todos os bairros têm casos positivos da doença”, afirma.

De acordo com Baitello, os óbitos predominam na população idosa, mas a distribuição dos casos, juntando síndrome gripal e síndrome respiratória aguda grave, acometem mais as pessoas com idades entre 20 e 60 anos.

“A prevalência da doença é na população jovem. Ou seja, essas pessoas são as que mais adquirem a doença. Quando vemos as pessoas se aglomerando, ou realizando festas, realizando atividades, são essas pessoas que estão adquirindo e transmitindo a doença”, diz.

Rio Preto possui atualmente 82 pacientes internados com síndrome respiratória, sendo 60 em enfermaria e 22 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Dos pacientes internados, 20 foram diagnosticados com Covid-19- dez estão em enfermaria e dez em UTI.

FONTE: Informações | g1.globo.com

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password