Reunião dura cinco horas e Ganso, enfim, assina com o São Paulo

Durante toda a última quinta-feira, dava-se como certa a chegada de Paulo Henrique Ganso ao São Paulo após quase um mês de negociações entre o Tricolor, Santos e o grupo DIS, dono da maior parte dos direitos federativos do meia. No início da noite de quinta, representantes das três partes se reuniram e o acordo foi selado cinco horas depois, já na madrugada de sexta-feira, com Ganso assinando vínculo com o time da capital por cinco temporadas.

O primeiro a chegar na Vila Belmiro foi o vice-presidente santista Odílio Rodrigues, seguido de Pedro Luiz Nunes Conceição, membro do comitê de gestão do Peixe, órgão do clube que cuidou da ‘novela’ Ganso. Por volta das 20 horas (de Brasília), foi a vez de Thiago Ferro, um dos nomes mais influentes do DIS, chegar acompanhado do advogado Roberto Moreira e mais um integrante do grupo.

Pelo lado do são-paulino, o diretor de futebol Adalberto Baptista chegou pouco depois dos representantes do DIS junto com outro dirigente tricolor. Por volta da meia-noite, Roberto Moreira deixou o estádio demonstrando bom humor e dizendo que iria buscar Ganso para, enfim, assinar o contrato de cinco anos de duração.

Com ajuda do dinheiro arrecadado com a venda de Lucas para o Paris Saint-Germain, o São Paulo desembolsou R$ 16,4 milhões, com o DIS completando o valor para alcançar os R$ 23,9 milhões exigidos pelo Santos, que terá direito de receber 5% de uma possível venda no futuro. De imediato, 68% dos direitos do atleta ficam para o DIS e 32%, para os tricolores.

Além do pagamento da multa, os santistas transferiram a penhora das receitas de patrocínio e cotas de TV para o CT Meninos da Vila, relativa ao imbróglio no repasse de 25% do valor arrecadado pelo Peixe na venda de Wesley para o futebol alemão.

 

No São Paulo, o meia deve vestir a camisa 8, que pertencia ao volante Fabrício. O meio campista, assim como Ganso, sofreu com as lesões em 2012 e se recupera para voltar aos gramados apenas no próximo ano. A expectativa da diretoria é de apresentar o novo reforço no estádio do Morumbi, antes da partida contra o Cruzeiro, que acontece neste domingo e poderá ser inscrito normalmente para a disputa do Campeonato Brasileiro e da Copa Sul-americana.

Para sacramentar de vez a negociação, o Santos jé retirou a foto oficial e a ficha técnica de Ganso do site oficial do clube, fazendo o caminho inverso do que deve ser feito pelo site são-paulino nas próximas horas. (gazeta esportiva)

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password