Réu é condenado a seis anos em regime inicial semi-aberto

O Tribunal do Júri da Comarca de Votuporanga condenou na tarde desta quarta-feira, o réu Homero Procópio de Melo, 60 anos, acusado pelo assassinato do diarista Giovani Rodrigues da Silva, vulgo “Pinguinha”. O crime aconteceu no dia 13 de agosto de 2011.

O julgamento do pedreiro aconteceu no Tribuna do Júri de Votuporanga, e a sentença proferida nesta tarde, condenando o réu a seis anos em regime inicial semi-aberto. O acusado já estava recolhido no sistema penitenciário a um ano e oito meses, e deverá cumprir o restante da pena em semi-aberto.

“Pinguinha”, 39 anos, morreu no dia 13 de agosto de 2011, no distrito de Boa Vista dos Andradas, em Álvares Florence. 
Segundo a denúncia, vítima e autor beberam e foram para a residência do Homero, na rua 3 de Dezembro, 310. No local, segundo o acusado, Giovanni teria tentado furtar umas ferramentas. Foi quando começou uma briga e Pinguinha foi assassinado com várias facadas ali mesmo, na calçada, em frente à casa de Homero.
De acordo com a polícia, o autor também apresentava ferimentos, o que poderia indicar uma luta entre as partes. Ele foi preso em flagrante.
Giovanni Rodrigues da Silva faleceu na Santa Casa de Votuporanga, em decorrência de uma hemorragia. Ele era de Uberaba e residia no sítio São José, em Álvares Florence.
FOTO: João Paulo Silva – Votunews

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password