Reta final: Saúde encoleira pouco mais de 3 mil cães

Proprietários têm só mais alguns dias para encoleirar gratuitamente seus cães; nos próximos dias postos estarão montados na São Bento e em algumas datas – Simonsen, Vila Carvalho e Cruzeiro

O encoleiramento gratuito de cães contra a leishmaniose visceral segue para a reta final. A menos de nove dias para o fim da ação, 3,3 mil cães foram encoleirados. Os proprietários que ainda queiram encoleirar seus cães tem até o dia 28 de agosto, data de término do Programa de Combate à Leishmaniose Canina em Votuporanga. Após essa data, a ação que foi desenvolvida durante dois anos no município será finalizada, sem prorrogação.

Nesta sexta-feira (21) o encoleiramento continua nos dois pontos –  praça São Bento e no Salão da Paróquia São Cristóvão, das 8h às 12h30.

Na próxima semana, de segunda (24) a sexta-feira (28) o posto continua na Praça São Bento. Na segunda e terça-feira, dias 24 e 25, o posto também será instalado em Simonsen e nos dias 27 e 28, na Vila Carvalho e Cruzeiro, sempre das 8h às 12h30.

Programa

O Programa teve início em março de 2014 e será concluído no final agosto é desenvolvido por meio das parcerias da Prefeitura de Votuporanga através da Secretaria Municipal de Saúde, Ministério da Saúde, IAL (Instituto Adolfo Lutz) e Unifev, que fornece gratuitamente as coleiras repelentes ao mosquito palha – transmissor da leishmaniose.

Ao todo, esse projeto prevê quatro etapas para o encoleiramento, ocorrendo a cada seis meses. No final do projeto, Votuporanga será o único município a ter recebido mais de 60 mil coleiras do Ministério da Saúde e único a adotar a oferta de encoleiramento para todos os cães residentes.

Na primeira etapa foram encoleirados 10 mil cães, na segunda – 6.160 encoleirados e na terceira etapa – que terminou no início do mês passado, foram distribuídos 6.190 dispositivos.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password