Reservatório da Saev está com 40 mil m³ a mais

Autarquia revela que tanque está 30 centímetros acima do habitual; problema deve ser sanado com construção de poços

As chuvas dos últimos dias deram uma trégua ao mormaço e revigoraram os votuporanguenses. E a consequência foi que o reservatório da Saev Ambiental (Superintendência de Água, Esgoto e Meio Ambiente de Votuporanga) está com nível de água acima do normal, cenário bem diferente do que o divulgado no começo do mês, pelo jornal A Cidade.

Com a volta das chuvas, desde o último final de semana, a represa de capitação da Saev recuperou seu nível, subindo 30 centímetros acima do seu normal. Em quantidade de água, isto significa 40 mil m3 a mais de água.

Perigo
Na primeira semana de fevereiro, a falta de chuva fez cair em 20% o armazenamento de água nos tanques. A situação, segundo a autarquia, ainda não era alarmante. Funcionando com 80% de sua capacidade de armazenamento de água, a Saev dizia que, por enquanto, não há risco de racionamento no município. 

Planos futuros
Futuramente, a Saev deve sanar definitivamente esta preocupação com a falta de água. Serão construídos dois poços profundos, que vão garantir abastecimento para toda a população da cidade para os próximos 30 anos. 
No final de outubro do ano passado, a Saev anunciou a perfuração de dois poços profundos e a construção de dois sistemas completos de água, no valor de mais de R$ 22 milhões.
O prefeito Junior Marão e o superintendente da Saev Ambiental, Oscar Guarizo, assinaram em dezembro o convênio com a Caixa Econômica Federal para a construção dos dois poços profundos que vão beneficiar as Zonas Oeste e Sudeste. O ato foi formalizado durante a comemoração dos 45 anos da autarquia. Andressa Aoki/ A Cidade

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password