Rede de farmácias cessa venda de cigarros nos EUA

A rede de farmácias americana CVS anunciou nesta quarta-feira (5) que irá parar de vender produtos de tabaco em suas lojas a partir de 1º de outubro deste ano. O presidente da companhia, Larry Merlo, disse em anúncio oficial que essa é a medida certa a ser tomada para ajudar a população a ser mais saudável. “A venda de produtos de tabaco é inconsistente com nosso propósito”, afirmou.

 

Com cerca de 7,6 mil lojas nos Estados Unidos, a CVS irá arcar com uma perda anual de US$ 2 bi em vendas, de acordo com a Forbes. No entanto, a medida ajuda a empresa a trabalhar junto com médicos, hospitais e outros serviços com o objetivo de melhorar a saúde da população, segundo Merlo.

A CVS já conta com pequenas clínicas dentro das lojas para atender pacientes com problemas como resfriados, pressão alta e diabetes – condições que são agravadas com o uso do cigarro, como lembrou Merlo em seu depoimento, o que torna a venda de tabaco uma incoerência.

 

A rede também irá investir em um programa anti-tabaco para ajudar quem quiser parar de fumar, começando com um treinamento de farmacêuticos para aconselhar quem precisar de ajuda no processo.

 

 

O presidente Barack Obama se pronunciou sobre a iniciativa. “Como uma das maiores redes farmacêuticas dos EUA, CVS Caremark mostra um ótimo exemplo, e a decisão de hoje ajudará meus esforços para reduzir o número de mortes, câncer e doenças do coração relacionados ao tabaco, além de diminuir os custos com a saúde”, disse ele.

 

Terra

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password