Rapaz morre em vicinal durante fuga da PM

Será enterrado nesta segunda-feira, 10, em Tabapuã, o corpo de André Luis Luciano Pereira, de 27 anos, que morreu na madrugada após o carro em que ele estava bater em um cavalo, no KM 14 da vicinal de acesso à cidade a Uchôa.

De acordo com a Polícia Militar de Tabapuã, ele estava no banco do passageiro de um Camaro prata que seguia pela rodovia. Após bater no animal, o veículo rodou e caiu em um barranco do outro lado da pista. Pereira morreu no local.

O motorista do veículo, Celso Donizete Luciano Pereira Filho, 30 anos, que é irmão da vítima, sofreu ferimentos leves e foi levado para um hospital em Catanduva.

Ainda segundo a PM, os irmãos estariam em fuga após entrarem em luta corporal contra policiais da cidade. O motivo seria uma resistência à prisão: “A vítima foi encontrada horas antes dirigindo alcoolizada em Tabapuã após bater em outro carro. Ao ser abordado, ele se recusou a fazer o teste do bafômetro e o teste clínico da Polícia Civil. Por ser um flagrante, a PM foi até a casa dele, onde tentou um acordo juntamente a seus familiares. Ele e o irmão acabaram entrando em luta contra os policiais, momento onde entraram no carro e fugiram”, afirmou o sargento Menezes, da PM.

Pereira chegou a ser algemado em uma da mãos pouco antes de fugir. O irmão, após sair do hospital, deverá responder por auxiliar o foragido de um flagrante a escapar. Uma sindicância também deverá ser aberta para investigar a conduta dos policiais que trabalharam na ação e o motivo do rapaz abordado ter fugido duas vezes.

O rapaz era filho de um ex-vereador de Tabapuã que foi assassinado em 2007. (Diarioweb)

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password