Rapaz acusado de estuprar, matar e jogar corpo de jovem em rio vai a júri em Araçatuba

Crime aconteceu em junho de 2015. Réu responde por homicídio, estupro, furto e ocultação de cadáver.

O homem acusado de matar e estuprar a jovem Paola Bulgarelli, de 20 anos, vai a júri popular nesta quarta-feira (9), em Araçatuba/SP. O crime foi em junho de 2015 e o réu responde por homicídio, estupro, furto e ocultação de cadáver.

O júri de José Emerson de Barros Lins, previsto para começar 9h desta quarta, estava marcado para fevereiro deste ano, mas foi suspenso porque a defesa do réu pediu um exame de sanidade mental.

O laudo comprovou que o acusado tinha condições de entender que cometia um crime e que, por isso, poderia ser julgado pelo Tribunal do Júri.

De acordo com a Polícia Civil, Paola saiu de casa para ir à lanchonete onde trabalhava e não foi mais vista. O corpo dela foi encontrado no Rio Bagaçu, em Araçatuba.

O caso

Paola foi estuprada, morta e jogada em rio em junho de 2015. A vítima, então com 20 anos, saiu de casa para ir à lanchonete onde trabalhava e não foi mais vista. Uma semana depois o corpo dela foi encontrado em um rio em Araçatuba.

O acusado confessou o crime à polícia e está preso desde então. Ele foi denunciado por quatro crimes: homicídio, estupro, furto e ocultação de cadáver.

Um dia depois do enterro da vítima, o suspeito do crime, que estava com 20 anos na época, foi encontrado escondido na casa de parentes em Castilho/SP. Segundo a família, o suspeito chegou a ir ao velório de Paola.

FONTE: Informações | G1

0 Comentários

Deixe um Comentário

dezoito − 4 =

Login

Bem vindo! Faça login na sua conta

Lembre de mim Perdeu sua senha?

Lost Password